Notícias

Atriz estreante é escolhida para o papel de Marie-Laure na minissérie de Toda luz que não podemos ver

7 / janeiro / 2022

A adaptação do best-seller de Anthony Doerr já tem sua protagonista: Aria Mia Loberti representará Marie-Laure, uma jovem cega na Paris ocupada durante a Segunda Guerra Mundial. A atriz, que também é deficiente visual, luta pelos direitos das pessoas com deficiência. 

A minissérie terá quatro capítulos, todos dirigidos por Shawn Levy (Stranger Things, Uma Noite no Museu) e com roteiro de Steven Knight (Peaky Blinders). A produção, que procurava desde 2019 atrizes cegas ou com baixa visão para o papel, realizou centenas de audições até a escolha de Loberti. 

Aria faz pós-doutorado na Universidade Estadual da Pensilvânia e, mesmo sem nunca ter atuado, decidiu participar das audições ao descobrir que a produção estava à procura de jovens com deficiência visual. 

Em Toda luz que não podemos ver, Marie-Laure foge da Paris ocupada para a cidade de Saint-Malo. Lá, o caminho da jovem se cruza com o do órfão Werner, especialista em rádios e parte de uma escola nazista. Os dois lutam por sobrevivência em meio ao terror de uma Europa em guerra. O livro, de narrativa arrebatadora, recebeu o prêmio Pulitzer de Ficção em 2015. 

Quem aí está animado para conferir essa adaptação? 


Saiba mais sobre os livros

Leia mais Notícias

Dez livros que contam histórias da Segunda Guerra Mundial

Dez livros que contam histórias da Segunda Guerra Mundial

Toda luz que não podemos ver vai virar série da Netflix

Toda luz que não podemos ver vai virar série da Netflix

Cidade nas nuvens: resiliência, esperança e um livro que atravessa gerações

Cidade nas nuvens: resiliência, esperança e um livro que atravessa gerações

Saiba tudo sobre a minissérie baseada no thriller “Quem era ela”

Saiba tudo sobre a minissérie baseada no thriller “Quem era ela”

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *