Notícias

Sue Ann Costa Clemens concorre ao Prêmio Faz a Diferença

9 / julho / 2021

(Arquivo pessoal / Foto de Leo Lemos)

Sue Ann Costa Clemens, a carioca que coordenou os estudos clínicos da vacina de Oxford/AstraZeneca no Brasil, é uma das finalistas do Prêmio Faz a Diferença, de O Globo.

Chefe do comitê científico da Fundação Bill e Melinda Gates, docente de Oxford e criadora e diretora do primeiro mestrado em vacinologia do mundo, na Universidade de Siena, ela se prepara para contar em livro sua trajetória profissional e a experiência à frente do trabalho de testagem no Brasil – um esforço que envolveu mais de 10 mil voluntários, em seis cidades brasileiras, numa corrida contra o tempo.

O livro, ainda sem título definido, será lançado no final de setembro pelo selo História Real, da Intrínseca.

Leia mais Notícias

Sete grandes nomes da imprensa refletem sobre os desafios do jornalismo no Brasil no livro Tempestade perfeita

Sete grandes nomes da imprensa refletem sobre os desafios do jornalismo no Brasil no livro Tempestade perfeita

A revolução que torna possível corrigir falhas genéticas e curar doenças

A revolução que torna possível corrigir falhas genéticas e curar doenças

Confira as fotos da sessão de autógrafos com Míriam Leitão na Bienal do Livro 2021

Confira as fotos da sessão de autógrafos com Míriam Leitão na Bienal do Livro 2021

Neil Gaiman mostra o poder revolucionário da arte em novo livro

Neil Gaiman mostra o poder revolucionário da arte em novo livro

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *