Listas

Os detetives do sobrenatural mais famosos da cultura pop

22 / março / 2021

Se você já conferiu a nossa lista de detetives mais queridos da ficção, prepare-se: desta vez, selecionamos alguns dos investigadores do paranormal, aqueles personagens que averiguam os acontecimentos estranhos do dia a dia, tudo o que está além da nossa compreensão e, claro, acabam enfrentando monstros e espíritos de vez em quando.

Então separe um dente de alho, uma estaca de madeira e um crucifixo e venha com a gente nesta lista macabra:

 

Fox Mulder e Dana Scully (Arquivo X)

Vamos começar com uma dupla que já havia marcado presença em nossa lista anterior: os agentes Mulder e Scully. Os protagonistas de Arquivo X passaram anos investigando casos tão esquisitos e assustadores que, muitas vezes, era fácil esquecer que eles eram apenas humanos no meio daquela loucura de aliens, metamorfos e paranormalidade. O próprio Fox Mulder foi abduzido e ficou um tempão no espaço!!!

 

John Constantine (Constantine/Hellblazer)

Em 1985, um dos principais detetives do sobrenatural da cultura pop fazia sua estreia na revista do Monstro do Pântano. John Constantine é uma figura enigmática criada por Alan Moore, famoso autor de histórias em quadrinhos conhecido por sua ligação com o ocultismo na vida real. Ao longo de seus mais de 30 anos de existência, Constantine já ganhou diversas adaptações, fez participações especiais em séries de TV e HQs — inclusive sendo escrito por Neil Gaiman! —, e hoje faz parte do universo DC, lado a lado com heróis como Batman e Superman. Loucura, né?

 

Irmãos Winchester (Supernatural)

Sam e Dean são caçadores de seres sobrenaturais que viajam pelos Estados Unidos em seu Impala 1967 em busca de respostas para a misteriosa morte de sua mãe e o desaparecimento de seu pai. Por 15 anos, acompanhamos os irmãos Winchester lutarem contra anjos, demônios e monstros, e a série fez tanto sucesso que até hoje os fãs sofrem com seu encerramento. Uma curiosidade: antes dos Winchester, a ideia original era contar histórias sobre eventos sobrenaturais e misteriosos que jornalistas norte-americanos vivenciavam pelo país.

 

Nick Burkhardt (Grimm)

O protagonista da série Grimm era apenas um investigador da divisão de homicídios de Portland, até o dia em que coisas assustadoras começaram a surgir em seus casos. Logo, Nick descobre que é um dos descendentes dos Grimm, irmãos que ficaram famosos por contar histórias de terror e fantasia, mas que também eram secretamente guardiões encarregados de manter o equilíbrio entre a humanidade e os Wesen, criaturas mitológicas que se disfarçavam de humanos. A partir daí, Nick, seu parceiro Hank e o lobisomem Monroe dedicam seus dias à investigação de fenômenos ocultos.

 

A turma do Scooby-Doo

Ok, sabemos que a maioria dos casos que Fred, Velma, Salsicha e Scooby investigavam não eram tão sobrenaturais assim. Geralmente, no final de cada episódio a gente descobria que o monstro ou a entidade que assombrava o lugar era apenas um cara disfarçado com uma fantasia ridícula. Mas em alguns especiais, como o assustador Scooby-Doo na Ilha dos Zumbis, ou os filmes live-action da turma, a ameaça era real. Muito real. Monstros, fantasmas e possessões marcaram presença diversas vezes na franquia que inspirou muitas outras obras do gênero, como o livro O caso da Mansão Deböen.

 

Hellboy

Como o próprio nome diz, Hellboy é um ser nascido do inferno, filho de um demônio com uma feiticeira, que foi invocado à Terra com o intuito de trazer o apocalipse durante a Segunda Guerra Mundial. Mas o monge louco Grigori Rasputin não contava com o fato de Hellboy (ou Anung un Rama, seu nome verdadeiro) ser… bom. Já adulto, Hellboy se alista na BPRD, a Agência de Pesquisa e Defesa Paranormal, e junto a seus amigos Abe Sapien e Liz Sherman passa a vida combatendo o mal e investigando casos sombrios e misteriosos.

A criação de Mike Mignola surgiu originalmente nos quadrinhos, mas já ganhou adaptações em filmes, jogos e desenhos animados. Inclusive, os dois primeiros filmes foram escritos e dirigidos por Guillermo del Toro!

 

Extra: Algernon Blackwood e Hugo Blackwood

Algernon Blackwood foi um autor inglês considerado o criador do subgênero “detetive do sobrenatural”. Membro da Ordem Hermética da Aurora Dourada — uma sociedade secreta que inspirou a Ordem Adamita da Aurora Ancestral de Território Lovecraft —, o escritor foi um dos mais prolíficos no gênero e também a inspiração para Hugo Blackwood, personagem de As sombras do mal: As fitas de Blackwood.

Criado por Guillermo del Toro e Chuck Hogan, Hugo é um poderoso mago com mais de 400 anos de idade que pode ser a chave para derrotar um mal ancestral: os incorpóreos. E é a ele que a agente do FBI Odessa Hardwicke recorre após um misterioso assassinato em Manhattan.

 

Gostaram da nossa lista? Então não deixem de conferir As sombras do mal: As fitas de Blackwood e acompanhar a nova história assustadora da dupla responsável pela Trilogia da Escuridão!


Saiba mais sobre os livros

Leia mais Listas

Filmes de terror imperdíveis para ver com os amigos

Filmes de terror imperdíveis para ver com os amigos

Grandes sustos dos filmes de terror

Grandes sustos dos filmes de terror

Reação dos leitores ao lançamento de Os dois morrem no final

Reação dos leitores ao lançamento de Os dois morrem no final

Oito histórias para quem é fofo e trevoso ao mesmo tempo

Oito histórias para quem é fofo e trevoso ao mesmo tempo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *