Notícias

Os desafios do atual candidato à presidência dos Estados Unidos em um ano que mudou para sempre sua família e um país inteiro

23 / setembro / 2020

Photograph © Beowulf Sheehan 

Em novembro de 2014, a família Biden se reuniu para o Dia de Ação de Graças. A data marcava uma tradição que os Biden celebram há mais de quarenta anos, uma pausa no que se tornou uma vida agitada, repleta de compromissos e submetida ao incessante julgamento público. O feriado, portanto, sempre foi uma folga bem-vinda, um momento de refletir sobre as bênçãos e provações que o ano havia trazido e sobre o que o futuro lhes reservaria.

Daquela vez, no entanto, a viagem foi diferente. Quinze meses antes, Beau, filho mais velho de Joe e Jill Biden, havia sido diagnosticado com um tumor maligno no cérebro, e sua sobrevivência já não era mais uma certeza. “Me prometa, papai. Me dê sua palavra que, não importa o que acontecer, você vai ficar bem”, foi o apelo do filho.

Joe Biden lhe deu sua palavra.

Promessa de pai narra os acontecimentos de 2015, o ano que viria a ser até então o mais importante e desafiador de uma vida e uma carreira extraordinárias. Como vice-presidente de Barack Obama, naquele ano Biden lidou com crises na Ucrânia, na América Central e no Iraque. Naqueles doze meses em que Beau travou até o fim a luta pela vida, o vice-presidente dividiu-se entre suas responsabilidades com o país e suas responsabilidades como pai e marido. Entretanto, até nos piores momentos, Biden foi capaz de se apoiar na força de seus profundos laços com a família, de sua fé e de sua verdadeira amizade com Obama.

Um livro escrito com emoção e vigor que nos mostra como a família e as amizades nos sustentam e sobre como a esperança, o propósito e a ação podem nos guiar através da dor da perda em direção a um novo futuro. 

Promessa de pai chega às lojas no dia 01 de outubro, mas você já pode adquirir o seu exemplar na pré-venda!


Saiba mais sobre os livros

Leia mais Notícias

O que fazer quando o maior risco para um país é o próprio presidente?

O que fazer quando o maior risco para um país é o próprio presidente?

Como as fake news podem desacreditar a imprensa e desestabilizar democracias

Como as fake news podem desacreditar a imprensa e desestabilizar democracias

Receba conteúdos exclusivos do livro Mataram Marielle

Receba conteúdos exclusivos do livro Mataram Marielle

“O Homem de Giz” vai virar série na BBC

“O Homem de Giz” vai virar série na BBC

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *