Alfredo Nugent Setubal

Você aceitaria spoilers da sua vida?

4 / junho / 2020

Olá, leitores da Intrínseca 😉

Eu sou o Alfredo, autor de O livro de Líbero, que será lançado agora em junho pela editora. Com o livro chegando em breve às livrarias (nem que sejam apenas as virtuais, já que em muitos locais as lojas ainda estão fechadas), não poderia haver oportunidade melhor para estrear este espaço aqui no blog da Intrínseca, um canal mais próximo e mais direto com vocês, leitores.

Para quem não me conhece, eis um resuminho rápido: sou formado em cinema e depois fiz pós-graduação em escrita criativa. Sempre gostei muito de ler e comecei a escrever ficção aos 14 anos. Agora, aos 28, estou realizando o sonho de longa data de publicar meu primeiro romance.

O livro de Líbero conta a história de um menino de 11 anos ― o tal Líbero do título ―, morador de Pausado, uma minúscula cidade do interior. Certo dia, chega por lá um circo que, além do espetáculo, oferecerá a Líbero uma oportunidade única: ler o livro da própria vida. Um calhamaço vermelho, de capa dura, contendo tudo sobre seu passado e futuro. E Líbero, mesmo sendo tão jovem, precisará decidir se deve, ou não, ler aquelas páginas. Ou seja, se quer ou não spoilers de seu destino.

Em março, o livro foi lançado com exclusividade no intrínsecos (o clube de assinatura da Intrínseca) e foi muito divertido acompanhar a reação dos assinantes. Uma das perguntas que mais recebi foi: você leria o livro da sua vida? Minha resposta é sempre muito convicta: não. Acho que a vida perderia boa parte da graça e da espontaneidade. Mas, de algumas semanas para cá, em meio a todo o caos causado por essa pandemia que vem assolando o mundo, admito que minha convicção está um pouco abalada.

Com tantas incertezas e ansiedades nos rondando, não seria reconfortante se pudéssemos abrir um livro capaz de nos dizer se ficaremos bem ou ― em caso negativo ― de nos alertar e preparar para os infortúnios que virão? Não seria bom folhear algumas páginas para frente e descobrir quando chegará o tal “pico” da pandemia e em que momento ela arrefecerá? Ou descobrir quando, onde e com quem será nossa próxima viagem ou ida ao cinema, por exemplo? Perguntas que há alguns meses soariam tão banais hoje têm outra profundidade e significado.

Sigo achando que minha resposta continuaria sendo “não” para o livro da minha vida, mas em um momento como esse, em que o mundo parece mais imprevisível do que nunca, talvez eu esteja mais disposto a aceitar alguns spoilers em troca de certa segurança e tranquilidade.

E você? Leria o livro da sua vida?  

 

Tags , .

Leia mais Alfredo Nugent Setubal

Como nasce a ideia de um livro?

Como nasce a ideia de um livro?

Quanto do autor existe em seus personagens?

Quanto do autor existe em seus personagens?

Comentários

2 Respostas para “Você aceitaria spoilers da sua vida?

  1. Quem nunca quis receber uns spoilers da vida, apenas pra saber se está no caminho certo? Adorei! Ansiosa para ler!

  2. Eu espero comprar em breve esta caixinha, e com certeza desejo saber o que vem em frente, já que tudo a nossa volta esta um caos. Mas precisamente, quero poder melhorar algumas ações na minha vida, que estão precisando melhorar. Enfim, é o que eu espero.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *