Notícias

Em novo livro, Thomas Piketty discute como a ideologia promove a desigualdade social

2 / junho / 2020

 

Referência mundial nos debates sobre concentração de riqueza e renda, Thomas Piketty se tornou um dos economistas mais influentes da atualidade após a publicação de O capital no século XXI, fruto de quinze anos de pesquisas sobre as origens e consequências da concentração de renda no mundo. Em Capital e ideologia, Piketty aprofunda seus estudos para analisar de que forma a ideologia garante a perpetuação da desigualdade social.

Sua pesquisa parte de dados coletados não apenas no Ocidente, dando amplo espaço para o caso do Brasil, mas também em nações pouco analisadas, como a Tunísia, a Rússia e a China. A obra faz um apanhado que remonta às sociedades pré-Revolução Francesa e chega aos dias de hoje, para mostrar que a economia não é produto da natureza: como construção histórica, é passível de ser mudada e até revolucionada. O autor traz ainda uma proposta arrojada de um sistema econômico mais justo e faz duras críticas às políticas atuais.

Capital e ideologia chega às lojas a partir de 17 de julho.

Leia mais Notícias

Continuação de “Caixa de pássaros” chega ao Brasil em lançamento simultâneo

Continuação de “Caixa de pássaros” chega ao Brasil em lançamento simultâneo

Bill Gates recomenda A grande gripe como leitura para a quarentena

Bill Gates recomenda A grande gripe como leitura para a quarentena

Intrínseca na primeira Bienal Virtual de São Paulo

Intrínseca na primeira Bienal Virtual de São Paulo

Primeiro romance de Quentin Tarantino será publicado pela Intrínseca

Primeiro romance de Quentin Tarantino será publicado pela Intrínseca

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *