Pedro Gabriel

A gente não pode desistir

26 / maio / 2020

Por Pedro Gabriel*

A vida veloz precisou desacelerar. De alguma forma, estamos tentando encontrar meios de reduzir o nosso próprio velocímetro para evitar um impacto ainda maior no guard rail do futuro. O cenário extremo do mundo externo – medo? incerteza? angústia? – nos obrigou a procurar aquele olhar interno e terno, até então esquecido nesse território de lembrança que somos nós.

Sei que há os que permanecem insensíveis aos acontecimentos mundanos. Mas, a respeito desses, me recuso a tecer qualquer nota de repúdio ou gesto de ternura. Nas páginas da História e da consciência, cada um saberá o que fez ou deixou de fazer. Você sabe?

Prefiro residir nos olhos resistentes dos resilientes. Esses olhares que, mesmo nas tragédias mais incompreensíveis, mesmo submetidos a mudanças radicais, mesmo em face ao menor encanto, ainda enxergam alguma possibilidade de nitidez no fim desse obscuro túnel. São neles que agora me fixo para escrever.

Foi preciso perder a oportunidade de estar perto de quem amamos para despertar, em nós, o quanto o contato físico é, de fato, o que há de mais precioso nas relações humanas. As notícias que correm no feed não alimentam muito nossas esperanças. Nada parece mais agradar aos olhos ou ao coração.

Talvez esses tempos turvos não sejam curtos. Tudo está aí para desencorajar a nossa insistência em crer em dias melhores. Tudo. Mas, lembram do olhar resistente dos resilientes? É com ele que devemos contemplar a palavra Coragem. A gente não pode desistir. Você ouviu bem? A gente não pode desistir!

Tags , , .

Leia mais Pedro Gabriel

O guardanapo de vidro

O guardanapo de vidro

SOBRE POEMAS E GIRAFAS

SOBRE POEMAS E GIRAFAS

Minha saudade parece ser maior do que eu

Minha saudade parece ser maior do que eu

À espera de um recomeço

À espera de um recomeço

Comentários

2 Respostas para “A gente não pode desistir

  1. Muito feliz de poder acompanhar a coluna novamente! ❤️

  2. Oi, Karina! Você é sempre tão gentil. Obrigado por me acompanhar há tanto tempo e te espero sempre por aqui! Fique bem <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *