Notícias

A vida mentirosa dos adultos, novo livro de Elena Ferrante, chega ao Brasil em setembro

7 / abril / 2020

Uma das maiores vozes da literatura contemporânea, cuja identidade permanece em segredo, Elena Ferrante retorna com seu primeiro romance em cinco anos.

A vida mentirosa dos adultos, que teria lançamento simultâneo em mais de 20 países no mês de junho, teve a data de publicação postergada para setembro de 2020. No Brasil, a obra chegará às livrarias brasileiras pela Intrínseca.

Ferrante é autora da Tetralogia Napolitana, que vendeu mais de 12 milhões de exemplares em todo o mundo e deu origem à série A amiga genial, da HBO. Ela também assina romances já publicados pela Intrínseca, entre eles A filha perdidaUm amor incômodo e Uma noite na praia, além do livro de não ficção Frantumaglia. Em suas obras, ela explora os conflitantes, e por vezes perturbadores, sentimentos que perpassam a maternidade, o casamento e as relações femininas.

Sobre a mudança de data de publicação do novo livro, Eva Ferri, publisher italiana de Ferrante, compartilha sua comoção com os leitores:

“Todos queremos que os leitores vivam a experiência plena da alegria deste lançamento ― juntos, nas livrarias, com seus livreiros de confiança. E é mais provável que isso  aconteça em setembro, quando o mercado mundial estará mais forte. Estimo muitíssimo os esforços e a compreensão de todos os editores ao redor do mundo que se juntam a nós neste lançamento. A vida mentirosa dos adultos é uma história sobre amadurecimento e creio que, depois desta experiência, todos teremos amadurecido um pouco e aprendido muito. Espero ansiosamente o momento de celebrar isso, e o livro da Elena, com todos ao redor do mundo.”

O novo livro narra o crescimento de Giovanna, uma jovem moradora de um respeitável bairro de classe média de Nápoles, no período de seus 12 a 16 anos. Ambientado na década de 1990, A vida mentirosa dos adultos se inicia com um comentário do pai de Giovanna, que compara a falta de beleza da filha com a de Vittoria, tia da menina, sua irmã. Figura lendária na família e afastada do convívio de seu núcleo por motivos incertos, Vittoria desperta a curiosidade de Giovanna, que hesita entre considerar o comentário um insulto, uma condenação ou uma profecia. Explorando as periferias de Nápoles, ela parte em busca dessa mulher misteriosa.

Leia um trecho:

“Dois anos antes de sair de casa, meu pai disse à minha mãe que eu era muito feia. A  frase foi  proferida entre sussurros, no apartamento que os dois, recém-casados, haviam comprado em Rione Alto, no início da Via San Giacomo dei Capri. Tudo ― as ruas de Nápoles, a luz azul de um fevereiro muito frio, aquelas palavras ― permanece inalterado. Mas eu escapei, ainda estou escapando, através destas linhas cuja intenção é delinear a minha história, mesmo que na verdade eu não seja nada, nada que me pertença, nada que tenha começado de verdade ou sido levado a cabo: apenas um nó cego, e que ninguém, nem mesmo a pessoa que neste momento escreve, saiba dizer se esse nó contém o fio certo para guiar uma história ou se não passa de uma confusão embolada de sofrimentos, sem redenção.”

 

Na trama, acompanhamos Giovanna percorrer a transição crucial entre a juventude e a vida adulta, quando verdades e lições de vida são evidenciadas, algumas vezes de forma dolorosa. A vida mentirosa dos adultos é uma cativante história sobre o que ganhamos e perdemos com a passagem do tempo.

Conheça os livros da autora

 

Tags , .

Saiba mais sobre os livros

Leia mais Notícias

O mistério sobre a identidade de Elena Ferrante

O mistério sobre a identidade de Elena Ferrante

Abrindo o baú de Elena Ferrante

Abrindo o baú de Elena Ferrante

Confira as fotos da sessão de autógrafos com Míriam Leitão na Bienal do Livro 2021

Confira as fotos da sessão de autógrafos com Míriam Leitão na Bienal do Livro 2021

Neil Gaiman mostra o poder revolucionário da arte em novo livro

Neil Gaiman mostra o poder revolucionário da arte em novo livro

Comentários

Uma resposta para “A vida mentirosa dos adultos, novo livro de Elena Ferrante, chega ao Brasil em setembro

  1. Como é que vocês fazem o anúncio de um livro, colocam até um trecho traduzido e nem ao menos citam o nome do tradutor? Tradutores não são fantasmas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *