Notícias

A sutil arte de ligar o f*da-se é o livro mais vendido de 2019

20 / dezembro / 2019

Quando A sutil arte de ligar o f*da-se chegou às livrarias, em 2017, as autoajudas estavam em alta. Por isso, apresentar ao mercado uma obra definida como antiautoajuda e com um palavrão na capa parecia bastante ousado (e um desafio imenso). Como o público reagiria a esta nova maneira de lidar com os problemas da vida?

Hoje, dois anos depois, temos o orgulho e o privilégio de dizer que essa sutil arte conquistou muita gente: o livro foi o mais vendido do Brasil pelo segundo ano consecutivo! Além disso, neste fim de ano, ele completou 100 semanas na lista de Mais Vendidos da revista Veja! Parece mesmo que o laranjinha deixou sua marca por aqui.

Falando nisso, desde que o livro foi lançado, o autor esteve no Brasil em duas ocasiões: a primeira em janeiro de 2018, pouco mais de 1 mês após o lançamento, e a segunda em agosto deste ano, na Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro, quando já era o livro mais vendido de 2018. Se existe um amor recíproco, é o do Brasil por Mark Manson e de Mark Manson pelo Brasil. Nesse caso ninguém ligou o f*da-se para ninguém.

E para encerrar este post cheio de boas notícias, em 2019, Manson nos presenteou com outro livro, F*deu geral, que tem a esperança como tema principal e que também conquistou seu lugar na lista: foi o 20º mais vendido deste ano! Se em 2017, apresentar as ideias de Mark Manson ao mundo causou alguma dúvida, em 2019 uma coisa está bem clara: existem muitas formas de ver os desafios da vida e ligar o f*da-se é definitivamente uma delas (se não a melhor de todas)!


Saiba mais sobre os livros

Leia mais Notícias

Os segredos que guardamos: como um livro mudou o curso da humanidade

Os segredos que guardamos: como um livro mudou o curso da humanidade

Baby Shark: O fenômeno mundial agora para ler e cantar juntos

Baby Shark: O fenômeno mundial agora para ler e cantar juntos

Leia um trecho de Com amor, Creekwood, de Becky Albertalli

Leia um trecho de Com amor, Creekwood, de Becky Albertalli

Malorie, sequência de Caixa de pássaros, ganhará filme da Netflix

Malorie, sequência de Caixa de pássaros, ganhará filme da Netflix

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *