Eventos

Por que amamos as histórias da Becky Albertalli?

2 / agosto / 2019

Nos dias 27 e 28 de julho, aconteceram pelo país encontros de fãs da nossa querida autora Becky Albertalli. Autora dos livros Com amor, Simon, Os 27 crushes de Molly, Leah fora de sintonia e E se fosse a gente?, suas histórias encantam os leitores pela representatividade, pelo discurso de aceitação e pela coragem dos personagens principais, trazendo aquele quentinho no coração que tanto amamos!

Os eventos foram incríveis e passaram por doze cidades: Belo Horizonte, Brasília, Campina Grande, Fortaleza, Juazeiro, Maceió, Manaus, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. Se você não pôde comparecer aos encontros e quer saber tudo o que rolou, fique calmo! Separamos fotos e depoimentos dos leitores sobre os livros da autora. Confira:

“O livro que mais me marcou foi Com amor, Simon, porque, além de ter sido o primeiro que li, foi uma jornada de descoberta tanto do personagem quanto minha. Quando eu estava lendo, também passava por problemas parecidos com os do personagem, e isso acabou me marcando bastante nessa fase da minha vida.” – Ítalo, São Paulo

“Em Leah fora de sintonia, pela primeira vez na vida eu me vi na capa de um livro. Inclusive, a minha mãe viu o livro assim que eu comprei e perguntou: ‘Por que fizeram um livro com você na capa?’, então acho muito importante a autora trazer uma história sobre alguém gorda, e eu me senti representada – o que muitas vezes não acontece. Ela me trouxe isso e eu fiquei muito alegre.” – Stephanie, Rio de Janeiro

“Meu primeiro contato com a Becky Albertalli foi com Com amor, Simon. O livro tem uma representatividade muito grande, uma história que no início eu pensei que seria totalmente drástica e muito ruim para a vivência dele. Mas não, foi uma história muito bonita, com um final feliz. Pela sinopse nós pensamos uma coisa, só que a Becky nos apresenta outra totalmente diferente. Nas histórias LGBT+ não tem muito isso, e aconteceu com o Simon. Então me dá muita alegria ver que é possível ter felicidade, e isso serve para todo mundo que acha que somos um “fracasso”. É importante eles verem que nós também podemos ser felizes, então foi um livro que mexeu muito comigo.” – Fábio, Rio de Janeiro

 

Leia mais Eventos

Filmes e séries fofas para se preparar para E se fosse a gente?

Filmes e séries fofas para se preparar para E se fosse a gente?

Por que o intrínsecos é perfeito para você

Por que o intrínsecos é perfeito para você

Confira as fotos do lançamento de “Histórias das histórias que contei” no Rio de Janeiro

Confira as fotos do lançamento de “Histórias das histórias que contei” no Rio de Janeiro

Confira fotos da sessão de autógrafos com Raquel Landim na Bienal do Livro Rio

Confira fotos da sessão de autógrafos com Raquel Landim na Bienal do Livro Rio

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *