testeLeitura obrigatória para amantes de biografias, Agassi ganha uma nova edição

Uma das autobiografias mais importantes dos últimos anos está de volta às livrarias! A partir de 12 de agosto, Agassi – Uma autobiografia retorna em uma nova edição.

Durante toda a sua carreira, Andre Agassi foi uma figura icônica por sua personalidade rebelde e seu estilo único – com seu cabelo comprido e brincos, o tenista protagonizou cenas curiosas e participou ativamente de vários casos relacionados a outras personalidades da cultura pop.

A autobiografia do esportista releva bastidores de sua trajetória dentro e fora das quadras, com detalhes de sua ascensão e queda, seu relacionamento com Barbra Streisand, Brooke Shields e Stefanie Graf, culminando em sua épica campanha no Roland Garros em 1999, onde quebrou o recorde ao ser o tenista mais velho a se tornar o número 1 do mundo.

Uma história inspiradora de sucesso, superação, esforço e amor, Agassi é leitura obrigatória para todos que apreciam uma grande biografia.

testePor que é impossível resistir ao Mister?

Se você é daquele tipo de pessoa incapaz de resistir a um romance arrebatador, que domina os pensamentos e faz você parar tudo (inclusive comer e até respirar), deve ter surtado ao descobrir que E L James, de Cinquenta tons de cinza, ia lançar um novo livro, né?

A autora responsável por criar o inesquecível Christian Grey voltou, e muito bem acompanhada, para nos apresentar um novo e apaixonante protagonista: Maxim Trevelyan, o Mister. Esse cobiçado, sexy e charmoso inglês acabou de receber o título de Conde de Trevethick, e se apaixonar por alguém não estava em seus planos… Até conhecer Alessia Demachi.

Mais irresistível que esse ardente amor só o próprio Maxim! Ele já conquistou o coração de várias leitoras por aí e, por isso, decidimos perguntar: do que você mais gostou nesse conde tão sedutor?

1) As fãs de Grey vão amar!

2) Tá liberado gostar de tudo nele?

3) Só elogios!

4) Como ele mostra seus sentimentos.

5) Será que vai ter filme? Estamos torcendo!

6) Resumindo:

E você? Também está caidinha pelo Maxim? Conta pra gente nos comentários!

 

 

testeO livro que mudou minha vida

Todo leitor tem um livro que mudou sua vida, um livro que fez com que ele se tornasse leitor. Talvez você se lembre do seu, ou talvez você não tenha ideia. Eu me lembro perfeitamente de quando a chavinha da leitura virou na minha cabeça e eu comecei a devorar todos os livros que via pela frente: foi quando li o primeiro livro da Meg Cabot, em 2006. Eu costumava anotar a data em que eu começava e a data em que eu terminava cada livro, então, pelo registro do primeiro Meg que li, vocês já conseguem ver que foi paixão à primeira vista:

Não me entenda mal: eu já lia muito, desde sempre. Minha mãe vivia reclamando comigo, porque eu só pedia livros de presente e terminava de ler todos muito rápido. Nunca vou me esquecer do dia em que ela comprou Menino Maluquinho e eu terminei em uma tarde (e ela não acreditou, rs). Apesar de sempre ter lido muito, foi O diário da princesa que me fez perceber que eu tinha um tipo de livro favorito. E daí fui devorando todos que apareceram pela frente.

Summer Things GIF

Não é difícil achar livros que tocaram gerações e se tornaram verdadeiros clássicos. Nem estou falando de Machado de Assis, me refiro aqui a fenômenos editoriais contemporâneos, que vimos nascer e ganhar os corações em tempo real. Minha geração é a geração Harry Potter (ainda que eu seja a geração Meg Cabot), acompanhei de perto e participei dos surtos coletivos de outras sagas e livros, como Crepúsculo. Comprei todos os volumes na pré-venda, assisti a todos os filmes na estreia e berrei feito uma fã injuriada na cena da batalha de Amanhecer – Parte 2. Cheguei até a sonhar que eu era a Bella nessa cena do gif abaixo:

         

É engraçado, porque tem o livro que muda nossa vida e nos torna leitores, mas também tem outros livros no caminho, aqueles que nos marcam profundamente. Sejam esses fenômenos coletivos, best-sellers que viram filme e tudo mais, ou livros meio indie, de que ninguém ouviu falar, mas que por algum motivo vieram parar nas nossas mãos. Parece que eles solidificam nosso amor, tornando-o ainda mais profundo e tangível. É claro que Crepúsculo foi um desses para mim. Um dia, do David Nicholls, também. A série Os heróis do Olimpo, de Rick Riordan, idem. Alucinadamente feliz, da Jenny Lawson, mais um. Até hoje me vejo cativada por alguns enredos, a ponto de terminar as leituras, fechar os livros e pensar: “Uau, é por isso que eu amo tanto ler. É essa sensação que eu busco.”

Beauty And The Beast Books GIF by Disney

Não sei dizer por que esses livros em especial foram capazes de me marcar nesse nível, nem por que O diário da princesa foi o livro que mudou minha vida. Não existe um padrão, nem o “livro certo” para te fazer gostar de ler, ou um livro que vai fazer “todo mundo” se apaixonar. Cada pessoa tem o seu livro especial, aquele que tocará o fundo do seu coração e fará com que você se transforme em leitor. E a gente tem que ter um pouquinho de paciência com o pessoal que diz que “não gosta de ler” – provavelmente eles ainda não acharam o livro especial deles. Cabe a nós tentar apresentar a nosso amigo não leitor aquele livro que achamos a CARA dele e, quem sabe, convencê-lo a entrar nesse mundo doido e mágico.

Na minha caminhada literária, pessoas já me falaram que livros meus foram “o livro que mudou a vida delas”, e eu sempre fico ao mesmo tempo surpresa e emocionada. Saber que algo que eu escrevi foi responsável por fazer alguém se apaixonar por ler me deixa imensamente feliz. E faz com que meu trabalho como escritora me dê a mesma sensação de quentinho no coração que terminar de ler um livro incrível me dá. Espero que As férias da minha vida possa gerar essa paixão em muitos leitores – não só porque seria uma honra, mas especialmente porque quero que o máximo de pessoas possível se apaixone pela leitura. Porque, convenhamos, não há nada melhor!

testeA incessante busca pelos criminosos do Terceiro Reich

Em novembro de 1945, o mundo parou para acompanhar o início da série de julgamentos que definiria o destino de 24 pessoas acusadas de participar direta e indiretamente dos crimes cometidos pelo Terceiro Reich. No que ficou conhecido como Julgamentos de Nuremberg, representantes do alto escalão nazista receberam duras penas, como forma de alertar o mundo das consequências de uma atrocidade como aquela promovida por Hitler e seus aliados durante a Segunda Guerra Mundial.

Ainda que 13 dos acusados tenham recebido penas capitais e muitos outros fossem condenados à prisão perpétua, alguns envolvidos aproveitaram a brecha entre o suicídio de Hitler e o início do cerco para fugir da Alemanha. Em busca de justiça e motivados a fazer com que todos os criminosos do Holocausto pagassem pelo que fizeram, os caçadores de nazistas entraram em ação e passaram a procurar por rastros desses fugitivos em todas as partes do mundo.

Seguindo pistas e denúncias, dedicaram anos de suas vidas a capturar e punir os nazistas que se espalharam, principalmente, pela Europa e pela América. Foram anos de buscas com casos de sucesso – como a captura e julgamento de Adolf Eichmann e Rudolf Höss – e outros em que, apesar dos esforços, os fugitivos jamais foram encontrados – como ocorreu com o Anjo da Morte, Josef Mengele.

Sete décadas após o fim da Segunda Guerra, essa grande caçada pode finalmente ser contada. A impressionante história é retratada no livro Caçadores de nazistas, que chega às livrarias a partir de 5 de agosto.

testeOs bastidores da edição de luxo de O Labirinto do Fauno

Se você já assistiu a O Labirinto do Fauno ou é fã de Guillermo del Toro, não pode perder a nossa edição superespecial inspirada no filme! Vencedor de 3 Oscar, o longa-metragem é um marco na carreira do diretor mexicano, e essa história fascinante não poderia ser recontada por outra pessoa senão Cornelia Funke, premiada e talentosa escritora de contos de fadas modernos, autora da série Coração de tinta.

Na história, Ofélia se muda com a mãe para um moinho que serve de abrigo para o padrasto e seus soldados, no norte da Espanha franquista. A menina logo percebe que o novo lar pode ser muito cruel e sombrio. Mas o que ninguém sabe é que a floresta ao redor abriga criaturas mágicas e poderosas, habitantes de um reino subterrâneo repleto de encantos e horrores.

Diante de uma história tão impactante, nossa edição deveria ser mágica, assim como a floresta perto da casa de Ofélia. Confira a lista dos detalhes que tornam essa edição tão especial:

Capa dura e fitilho

 

Ilustração exclusiva na guarda

 

Pintura trilateral e projeto gráfico de miolo exclusivo

 

Contos extras que expandem o universo do filme

 

Ilustrações inéditas de Allen Williams

 

Essa edição não é a coisa mais linda do mundo? ♥

testeAs mentiras mortais e suas consequências

A segunda temporada de Big Little Lies chegou ao fim este mês, deixando apenas saudade dos personagens e das crises – algumas hilárias, outras dramáticas, e frequentemente uma mistura dos dois (Renata, te amamos). A primeira temporada da adaptação de Pequenas grandes mentiras, livro de Liane Moriarty, chegou à televisão em 2017 e fez um grande estrondo. As atuações, a direção e a narrativa encantaram a todos, e a produção recebeu seis Emmys. Se você ainda não assistiu à série, cuidado: spoilers a seguir!

Como Big Little Lies foi pensada inicialmente para ser uma minissérie, o que viria na segunda temporada era uma surpresa para leitores e telespectadores. Em outras produções as facetas mais sutis de Madeline (Reese Witherspoon), Celeste (Nicole Kidman), Jane (Shailene Woodley), Bonnie (Zoë Kravitz) e Renata (Laura Dern) passariam despercebidas, mas a série expandiu e aprofundou as terríveis consequências das ações da primeira parte da série, apresentando situações realistas e personagens vulneráveis. 

Pequenas grandes mentiras nos apresentou mulheres aparentemente perfeitas de classe média alta com lindas famílias e sem muitas preocupações além das triviais. Mas, enquanto entramos mais na história, vemos que cada uma delas esconde um segredo, e tudo se torna ainda mais instigante em uma narrativa que alterna presente e passado e indica que um terrível assassinato ocorreu durante a Noite de Trívia na escola das crianças.

Madeline, decidida e enérgica, parece sempre conseguir o que quer, mas vemos que sua relação com a filha adolescente está desgastada e a menina prefere passar os dias com a madrasta Bonnie, fazendo a mãe se sentir constantemente como segunda opção. Celeste é casada com Perry, rico, bem-sucedido e o melhor pai do mundo para seus pequenos gêmeos, mas o homem controlador e violento a agride constantemente. Jane é uma jovem mãe solteira que acaba de se mudar para a cidade buscando melhores escolas para o filho pequeno, mas seu passado esconde um estupro e traumas que a perseguem até hoje.

Todas essas questões são exploradas de forma muito sensível, com um destaque especial para as cenas entre Celeste e a psiquiatra, em que a mulher fala pela primeira vez sobre seu casamento problemático. No último episódio, descobrimos que o terrível acidente é o assassinato de Perry, empurrado de uma grande altura por Bonnie. As cinco mulheres mentem para a polícia e afirmam que foi apenas um terrível acidente.

Em dois anos, o intervalo de tempo que separa as temporadas, a narrativa amadureceu e nos trouxe mais uma vez temas difíceis tratados com muita sensibilidade. Celeste está finalmente livre do marido violento, mas não se sente bem. Seu luto e sua nova vida ainda são um mistério para si mesma. Como ela deve agir depois de tanto tempo vivendo com seu abusador? Seria errado sentir falta dele? Seria errado não sentir falta dele? O processo de recuperação psicológica de vítimas de agressão é complicado e por vezes nebuloso, mas ao longo da temporada vemos como Celeste fica cada vez mais segura.

Jane descobriu a verdadeira identidade de seu agressor, e a culpa e o medo da personagem, tão evidentes na primeira temporada, mudam de ângulo. Seu próximo obstáculo é a dificuldade de se relacionar novamente e se abrir para novas pessoas, principalmente para um novo interesse romântico.

Bonnie não parece ela mesma. Em um estado quase catatônico de culpa pelo assassinato que cometeu, se fecha para todos em sua vida, incluindo o marido e a filha. As cinco mulheres se veem pressionadas pela mentira que contaram, envoltas em sussurros e encontros furtivos, e todos da cidade desconfiam que a noite na escola não foi um acidente. A mentira que parecia a melhor opção acabou trazendo consequências que nenhuma delas imaginava. Mary Louise, a mãe de Perry, acusa Celeste de matar o marido, e a briga entre as duas atinge o ápice quando a avó tenta ficar com a guarda das crianças. Inclusive, um destaque da segunda temporada é a brilhante atuação de Meryl Streep, que deixa os espectadores sem fôlego sempre que entra em cena. Amamos odiar a terrível e ácida sogra, sempre com um veneno velado na boca.

Se na primeira temporada investigamos as mentiras que compõem o mosaico da vida das personagens de Pequenas grandes mentiras, na segunda, entendemos as consequências de contar essas meias-verdades por muito tempo, os traumas, decepções e dificuldades que formam uma gigantesca bola de neve, nos perseguindo incessantemente até enfim desistirmos e sermos levados por ela.

testeConheça Inspeção, o novo livro do autor de Caixa de pássaros

Em uma torre perdida no meio da floresta, isolada do mundo, existe uma escola muito diferente daquelas que conhecemos. Moram lá vinte e seis meninos que estudam para um dia se tornarem grandes gênios das artes e das ciências. Eles nunca tiveram contato com as pessoas do mundo exterior e acreditam ser filhos do fundador da escola.

Mas um desses garotos, J, não está satisfeito com as explicações que recebe. Na verdade, ele suspeita da existência de algo fora dali, para além da Torre em que vive, algo que não querem que ele veja. E então ele começa a se questionar: qual é o verdadeiro propósito daquele lugar? Por que os alunos não podem sair? E que segredos o pai está escondendo deles?

Esse é só o começo da viciante e misteriosa história de Inspeção, o novo livro de Josh Malerman. Famoso pelo grande sucesso Caixa de pássarosque virou filme da Netflix estrelado por Sandra Bullock – e autor de Uma casa no fundo de um lago e Piano vermelho, Josh já vendeu mais de 260.000 exemplares só no Brasil.

Inspeção já está nas livrarias e você não vai querer perder esse suspense! Confira um trecho:

“Nunca um menino foi reprovado em uma Inspeção. Por isso, J não ficou nada ansioso quando a porta de aço se abriu com um rangido diante dele, quando os rostos da Parentalidade apareceram, quando viu os Inspetores de pé, perto da parede dos fundos da sala, todos com a mão na lupa presa ao cinto. J havia feito aquilo em todas as manhãs de sua vida desde que podia lembrar e, apesar das teorias de Q sobre possibilidades e probabilidades (ele achava que um dia alguém não ia passar no Exame só para justificar aquela vida de Inspeções), J não sentiu dúvida, ansiedade nem medo.

— Entre, J — chamou Collins.

Collins, o Inspetor mais formal, grandalhão e velho de todos. O homem cheirava a livros didáticos antigos. Sua barriga pendia tanto por cima do cinto que D dizia brincando que Collins mantinha um Menino do Alfabeto escondido ali. É de lá que a gente vem, dissera. Mas todos os Meninos do Alfabeto sabiam que vinham do Pomar, tinham sido gerados pelas Árvores Vivas.”

testeSorteio Twitter – Capa dura [Encerrado]

Quem aí gosta de edições lindas e maravilhosas? Vamos sortear 3 livros que são verdadeiras obras de arte!

Para participar você precisa seguir o nosso perfil (@intrinseca), compartilhar essa imagem no FEED do seu Twitter PUBLICAMENTE e preencher o formulário abaixo!

Além disso, não deixe de conferir a lista especial!

Atenção:
– Caso a mesma pessoa se inscreva mais de uma vez ela será desclassificada. Atenção: ao terminar de preencher o formulário aparece a mensagem “agradecemos a inscrição”. Espere a página carregar até o final para confirmar a inscrição
– Se você já ganhou um sorteio nos últimos 7 dias no Twitter ,você não poderá participar deste sorteio.
– O resultado será anunciado no dia 29 de julho, segunda-feira, em nosso perfil no Twitter. Boa sorte!

testeSorteio Facebook – Capa dura [Encerrado]

Quem aí gosta de edições lindas e maravilhosas? Vamos sortear 3 livros que são verdadeiras obras de arte!

Para participar, compartilhe essa imagem em seu Facebook PUBLICAMENTE e preencha o formulário abaixo!

Atenção:
– Caso a mesma pessoa se inscreva mais de uma vez ela será desclassificada. Atenção: ao terminar de preencher o formulário aparece a mensagem “agradecemos a inscrição”. Espere a página carregar até o final para confirmar a inscrição
– Se você já ganhou um sorteio nos últimos 7 dias no Facebook ,você não poderá participar deste sorteio.
– O resultado será anunciado no dia 29 de julho, segunda-feira, em nosso perfil no Facebook. Boa sorte!

Vencedores