Notícias

Karina Sainz Borgo e Mariana Enriquez na Flip 2019

15 / maio / 2019

A Festa Literária Internacional de Paraty promete debates importantes na edição de 2019. O homenageado deste ano será o escritor Euclides da Cunha, autor de Os sertões, e os temas discutidos serão, entre outros, o embate entre os indivíduos e os diversos tipos de opressão, desdobramentos da obra do autor carioca.

A Flip acontece entre os dias 10 e 14 de julho em Paraty e traz entre os destaques duas autoras da Intrínseca.

 

Venezuelana radicada em Madri, Karina Sainz Borgo é autora de Noite em Caracas, sua estreia na ficção. O livro, publicado em março na Espanha, logo se tornou um best-seller e ganhou cinco reimpressões em seu país de origem em menos de um mês.

Na trama, violência e anarquia ditam o ritmo da cidade de Adelaida Falcón. Após a morte de sua mãe, ela se depara com sua casa ocupada por um grupo paramilitar de mulheres e, de repente, perde todos os seus bens.

Durante seu processo de luto enquanto vive em um país que desaparece aos poucos, a narradora relata sua saga entremeando lembranças de um passado não muito distante, de uma vida simples como filha de professora em um grande centro urbano, com um presente no qual resistir se torna um ato de amor e coragem.

“Sainz Borgo consegue combinar as qualidades de jornalista às de romancista, criando um livro que é, ao mesmo tempo, uma experiência imaginativa e um retrato da violência de um país”, disse Fernanda Diamant, curadora do evento.

A autora divide a mesa Jeremoabo com Miguel Del Castillo na sexta-feira, 12/7, às 17h.

 

Aclamada pela crítica, a argentina Mariana Enriquez publica Este é o mar, seu segundo livro pela Intrínseca. Em seu novo romance, a autora de As coisas que perdemos no fogo constrói um retrato visceral da adolescência e traça na esfera do mitológico os aspectos mais perturbadores e indizíveis da essência humana.

Na trama, estrelas do rock se tornam inesquecíveis quando são alçadas à Lenda pelas Luminosas, seres femininos atemporais que se alimentam de devoção.

Helena é uma das responsáveis por manter a engrenagem do fanatismo pelos rockstars a todo vapor, incitando os jovens fãs humanos a darem tudo de si e a consumirem seu ídolo. Mas ela não quer ser apenas uma abelha operária, quer se tornar uma Luminosa e, para isso, precisa criar uma nova Lenda. Tendo a morte como aliada, sua missão é eternizar James Evans, o vocalista da banda Fallen — uma difícil tarefa em meio à era de carreiras meteóricas e das redes sociais.

Na Flip, a autora divide a mesa Santo Antônio da Glória com Braulio Tavares no domingo, 14/7, às 10h30.


Saiba mais sobre os livros

Leia mais Notícias

Depois de Big Little Lies, Nicole Kidman estrela nova história de Liane Moriarty

Depois de Big Little Lies, Nicole Kidman estrela nova história de Liane Moriarty

Autora de O Homem de Giz confirmada na Bienal do Livro

Autora de O Homem de Giz confirmada na Bienal do Livro

Jim Hopper está de volta no novo livro do universo expandido de Stranger Things

Jim Hopper está de volta no novo livro do universo expandido de Stranger Things

Mariana Enriquez vence Premio Herralde de Novela 2019

Mariana Enriquez vence Premio Herralde de Novela 2019

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *