Notícias

Deuses americanos: um quadrinho impossível

25 / maio / 2018

Por Fábio Moon*

Uma das maiores qualidades da prosa de Neil Gaiman é sua capacidade de envolver os leitores, descrevendo qualquer mundo com tal facilidade que, não importa quão fantástico seja, soa sempre estranhamente familiar. Ao lermos uma de suas histórias, concluímos que, sim, é claro que deuses existem. É claro que estão entre nós. Provavelmente já cruzamos com um deles alguma vez na vida. Gaiman nos faz acreditar (e nós acreditamos) que tudo é possível.

E agora acreditamos, inclusive, que é possível adaptar Deuses americanos – seu livro mais aclamado, mais ousado, mais denso – para os quadrinhos.

P. Craig Russell, parceiro de Gaiman de longa data, traça com maestria a rota dessa viagem, decidindo o que deve ser mantido do texto original e o que deve ficar a cargo das imagens. As ilustrações de Scott Hampton nos apresentam o mundo pelo qual Shadow viaja, um mundo repleto de personagens fantásticos, que nosso herói conhece à medida que cruza a América à beira da tempestade.

Esta adaptação convida muitos outros artistas incríveis para fazerem, eles também, parte desta jornada alucinante. Os leitores ainda são agraciados com o fascinante processo de criação do livro, com uma espiadinha no layout original a lápis de Russell e na arte-final de Hampton e dos demais artistas.

Todos a bordo? A viagem pela América de Shadow, do sr. Wednesday e de tantos outros está apenas começando. Os deuses aguardam.

Fábio Moon é um dos quadrinistas brasileiros mais importantes da atualidade. Junto com o irmão, Gabriel Bá, é autor de Daytripper, Casanova e Dois irmãos.

Deuses americanos: Sombras

Tags , , , .

Saiba mais sobre os livros

Leia mais Notícias

5 fatos que provam que Neil Gaiman está em todos os lugares!

5 fatos que provam que Neil Gaiman está em todos os lugares!

Por onde e por que ler Neil Gaiman?

Por onde e por que ler Neil Gaiman?

Amor, sublime amor: Livro de West Side Story chega ao Brasil em novembro

Amor, sublime amor: Livro de West Side Story chega ao Brasil em novembro

Conheça o livro que inspirou o filme de Ridley Scott com Matt Damon e Jodie Comer

Conheça o livro que inspirou o filme de Ridley Scott com Matt Damon e Jodie Comer

Comentários

18 Respostas para “Deuses americanos: um quadrinho impossível

  1. Tem previsão pra segunda edição desse é de black hammer ?

  2. O segundo volume de Black Hammer sai ainda este ano, Arthur! Quanto a Deuses americanos, ainda não temos previsão para o próximo, assim que tivermos novidades divulgaremos 😉

  3. Segundo volume de deuses americanos tem previsão?

  4. Oi, Tássio! O segundo volume tem lançamento programado para 2019 nos Estados Unidos e ainda não temos data no Brasil. Assim que tivermos novidades, divulgaremos 😉

  5. opa, desculpa o incomodo mas vocês tem a pretensão de continuar deuses americanos no brasil, vi que já saiu nos estados unidos, e gostaria muito de continuar pela edição br

  6. Oi, Arthur! Ainda não temos informações sobre a data de lançamento do segundo volume da graphic novel, mas continuaremos com a série sim, pode ficar tranquilo 😉

  7. Alguma novidade sobre o lançamento do Volume 2 de Deuses Americanos?

  8. Como assim ainda não tem informações, vcs são a editora!!!! Já saiu em outros paises

  9. Impossível está sendo a Intrínseca lançar as duas edições restantes – que já foram lançadas nos EUA e, inclusive, a segunda edição já foi lançada em Portugal! O que está faltando? Aposto um ano do meu salário que aquisitores não faltarão.

  10. alguma previsão para lançamento do segundo volume de Deuses Americanos?

  11. Olá, Jorge! Infelizmente ainda não temos informações sobre o segundo volume, mas qualquer novidade será avisada nas nossas redes 😉

  12. Boa Tarde, alguma previsão para a Segunda edição de Deuses Americanos? Já saiu em alguns países. E acredito que já esteja no Terceiro volume… Alguma previsão ?

  13. Oi, Gabriel. Sem novidades no momento, mas assim que tivermos uma data iremos anunciar 😉

  14. Vocês pretendem publicar a coleção completa?

  15. Nossa, daqui há pouco são 5 anos de diferença de um volume para o outro. Voces pretendem mesmo terminar a série?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *