Artigos

Pax é o livro da minha vida

22 / julho / 2016

Por Sara Pennypacker*

pax_fundo

Uma raposa volta e meia caça no charco que tem atrás da minha casa. Hoje em dia, sempre que a vejo fico pensando: Como será que ela vê as guerras humanas? Como será que vivencia o amor? E se nós duas conseguíssemos estabelecer uma conexão?

Pax é o livro da minha vida. É o que eu provavelmente mais me orgulharei de ter escrito e com certeza foi o mais desafiador até hoje, desde a primeira semente de sua lenta germinação. Durante muitos anos nutri o desejo de escrever a respeito das coisas terríveis pelas quais as crianças passam em nome da vergonhosa guerra. Ao mesmo tempo também cultivava a vontade de escrever algo que celebrasse o glorioso vínculo de empatia que as crianças formam com os animais, mesmo os selvagens. A beleza desse tipo de relacionamento sempre me comoveu.

Então, seis anos atrás, alguém fez um comentário fortuito que me levou a unir os dois projetos. Construir a estrutura da narrativa dupla e testar os animais que se apresentavam em busca do papel principal levou um ano inteiro, depois levei mais quatro para escrever. Dado o território emocional em que se estende o enredo, foram muitas lágrimas derrubadas no teclado, mas, ao relembrar aquela época, vejo que nunca me senti tão feliz em ser escritora.

Agora que Pax chegou às livrarias do mundo inteiro, estou repleta de expectativas. Um livro é a primeira fala de uma conversa, e espero que se sigam muitas vozes, das mais variadas origens, da maior quantidade possível de idiomas. Quais são os verdadeiros custos da guerra? Vale a pena? Como atingir um equilíbrio entre nossas naturezas selvagem e dócil? Como abrir mão de algo que amamos? Essas foram perguntas que surgiram para mim, e espero que outras mais surjam para você.

E tem mais uma coisa. Depois de ler Pax, se algum dia encontrar uma raposa, espero que pare o que estiver fazendo, olhe bem dentro de seus olhos selvagens e tente criar um vínculo. Então comece a imaginar…

>> Leia um trecho de Pax

 

Sara Pennypacker é autora premiada de diversos livros infantis, entre eles a série Clementine. Divide seu tempo entre os estados da Flórida e de Massachusetts, onde, além de escrever, dá palestras em escolas e universidades sobre literatura infantil. Pax é seu primeiro romance publicado no Brasil.

Tags , .

Leia mais Artigos

Os personagens da vida de Auggie

Os personagens da vida de Auggie

Produtora anuncia início das filmagens de Extraordinário

Produtora anuncia início das filmagens de Extraordinário

Pátria: livro versus série

Pátria: livro versus série

Como nossa casa nos define

Como nossa casa nos define

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *