Notícias

O homem que rasgou a lista negra de Hollywood

30 / dezembro / 2015

1969 D Trumbo suit and cigar_cortadoDalton Trumbo (Foto de Cleo Trumbo)

Roteirista de clássicos como A princesa e o plebeu, Exodus, Spartacus e Papillon, Dalton Trumbo criou mais do que grandes sucessos do cinema. Declarado culpado e preso por desacato ao Congresso, em 1950, Trumbo foi, como centenas de profissionais, banido de trabalhar para os grandes estúdios devido à caça aos comunistas liderada pelo então senador Joseph McCarthy.

Em um dos períodos mais negros da história do cinema norte-americano, Trumbo escreveu por quase uma década clandestinamente, assinando com pseudônimos e colaborando com outros artistas marginalizados. “É impossível dizer quem realmente escreveu seus filmes favoritos dos anos 1950”, reflete Bruce Cook, jornalista que reconstrói a carreira e a atuação marcante do roteirista contra a perseguição política em Hollywood.

untitledCom entrevistas de profissionais do cinema, amigos e do próprio Dalton Trumbo, concedidas durante o escaldante verão de 1973, Bruce Cook criou Trumbo, biografia sobre a vida do roteirista ganhador do Oscar.

A obra que chegará às livrarias em 14 de janeiro, publicada pela Intrínseca, também inspirou a cinebiografia protagonizada por Bryan Cranston. Indicado ao Globo de Ouro e ao SAG Awards pela interpretação, o astro da série Breaking Bad já desponta como um dos fortes candidatos a receber o Oscar em 2016.

Dirigida por Jay Roach (Virada no Jogo), a produção tem ainda no elenco Diane Lane (Infidelidade) e Helen Mirren (A Rainha), que concorre ao Globo de Ouro e ao SAG Awards na categoria de melhor atriz coadjuvante pela interpretação da atriz Hedda Hopper na trama. O filme, que também foi indicado nas categorias de melhor elenco no SAG Awards, chega ao Brasil em 28 de janeiro. Assista ao trailer:

 

link-externoLeia um trecho de Trumbo

Leia mais Notícias

A continuação de Como eu era antes de você

A continuação de Como eu era antes de você

Sessão de autógrafos de Não se iluda, não em Brasília

Sessão de autógrafos de Não se iluda, não em Brasília

Confira as fotos do lançamento de “Serpentário” em São Paulo

Confira as fotos do lançamento de “Serpentário” em São Paulo

A última carta de amor, de Jojo Moyes, vai virar filme

A última carta de amor, de Jojo Moyes, vai virar filme

Comentários

3 Respostas para “O homem que rasgou a lista negra de Hollywood

  1. Bryan Cranston no elenco!!!! :O Preciso ler esse livro, para assistir o filme *-*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *