Notícias

O quebra-cabeça literário de J.J. Abrams

26 / novembro / 2015

S_aberto

Quem foi V. M. Straka? O misterioso escritor, autor de romances que derrubaram governos, envergonharam industriais impiedosos e anteciparam a ascensão de regimes totalitários, nunca revelou seu rosto. Sua biografia nebulosa é repleta de boatos que envolvem conspirações, sabotagens e assassinatos. Há apenas uma única certeza sobre ele: até estudar sua obra pode ser perigoso.

M. Straka é o autor de O Navio de Teseu, romance examinado à exaustão por Eric. Nas páginas do antigo exemplar de uma biblioteca universitária, ele anota as pistas deixadas pelo escritor desaparecido. Até que o livro cai nas mãos de Jen, uma estudante de Literatura. É assim que dois desconhecidos iniciam uma conversa frenética nas margens da obra e se unem em busca de respostas.

untitled

O Navio de Teseu e a aventura desenvolvida em paralelo por Eric e Jen, que vai além das margens e inclui bilhetes, fotos, cartões-postais, entre outros documentos, compõem S., um quebra-cabeça literário criado por J.J. Abrams e Doug Dorst.

Diretor, roteirista e produtor de dezenas de filmes e séries, Abrams assina sucessos como Lost, Alias e Felicity — além da direção de dois filmes da franquia Missão Impossível e do sétimo episódio da saga Star Wars, O Despertar da Força. Já o premiado escritor Doug Dorst concorreu ao Hemingway Foundation/PEN em 2009 por Alive in Necropolis e venceu o Jeopardy! — tradicional programa de perguntas da TV norte-americana — por três vezes.

Dessa parceria incomum nasceu uma celebração à cultura analógica e ao livro como objeto. Em entrevista concedida à revista The New Yorker, Abrams explica: “Na era do e-mail e das mensagens instantâneas, quando tudo é enviado para a nuvem e torna-se intangível, S. é intencionalmente tangível. Queríamos incluir coisas que você pode segurar nas mãos: cartões-postais, fotocópias, documentos jurídicos, páginas de jornais, um mapa desenhado em um guardanapo.”

Lançado em 2013 nos Estados Unidos, S. chega em dezembro às livrarias brasileiras após dois anos de trabalho de uma equipe formada por cerca de 15 pessoas. Além da complexidade na adaptação e na tradução da narrativa repleta de códigos e pistas escondidas, a conversa desenvolvida pelos personagens nas margens e os textos dos anexos foram totalmente escritos à mão para depois ser digitalizados.

IMG_3554

A inspiração para este projeto ambicioso surgiu quando Abrams encontrou um livro em um banco no aeroporto. Ao abri-lo, deparou-se com a seguinte mensagem: “Para quem encontrar esse livro: por favor, leia-o, leve-o a algum lugar e deixe-o para que outra pessoa o encontre.”

Aos leitores que encontrarem S., enviamos outra mensagem: não há regras para a leitura da obra. Aproveitem a experiência única e íntima de ler, ao mesmo tempo, um livro e as anotações deixadas por seus outros leitores, de encontrar documentos e cartas que foram trocados e de desvendar grandes mistérios.

anexos

Tags , , , , , , .

Leia mais Notícias

Clube de Leitura: Um mais um, de Jojo Moyes

Clube de Leitura: Um mais um, de Jojo Moyes

Os personagens de Não se apega, não na TV

Os personagens de Não se apega, não na TV

Jim Hopper está de volta no novo livro do universo expandido de Stranger Things

Jim Hopper está de volta no novo livro do universo expandido de Stranger Things

Mariana Enriquez vence Premio Herralde de Novela 2019

Mariana Enriquez vence Premio Herralde de Novela 2019

Comentários

28 Respostas para “O quebra-cabeça literário de J.J. Abrams

  1. Por isso estava demorando tanto! Escreveram tudo à mão??? É por essas e outras que eu te amo Intrínseca <3

  2. Já quero, obrigado pelo presente de Natal Intrínseca

  3. Que coisa linda! Trabalhar num livro assim é o sonho de qualquer produtor editorial como eu… <3 Parabéns a todos que trabalharam no livro, já tá na minha listinha de Natal.

  4. Parabéns mil vezes pelo projeto. Lindo, lindo, lindo.
    Como livreiro, estou desde já indicando esse presente de Natal fantástico.

    Só uma correçãozinha: J.J.Abrams só dirigiu um filme da série Missão: Impossível (o terceiro). A franquia que ele dirigiu dois filmes foi Star Trek.

    Abração.

  5. Onde posso comprar?? Já tem em algum site ou loja física? Não encontro!

  6. Minha filha, ontem, presenteou-me com essa obra prima. Estou encantada com tanta beleza, tanto esmero na confecção de um livro. Comecei a ler…FANTÁSTICO!

  7. Acabei de comprar!! Ainda não li, claro, mas só o livro físico é sensacional!!! Tá ai, um livro que NUNCA vai poder ser digital!

  8. Ler este livro, é como estar dentro de uma realidade não muito distante da nossa!!! Melhor livro já lido nesse ano.

  9. Olá pessoal, para aqueles que ainda não sabem o que lhes aguarda, assistam agora o vídeo unpacking do livro, S. de J.J Abrams e Doug Durst, mergulhem nesse mistério em um dos maiores e mais surpreendentes lançamentos literários dos últimos anos!
    https://www.youtube.com/watch?v=HUe475BJa9s

  10. ótimo livro. Só falta agora publicar House of Leaves, que é no mesmo estilo!

  11. Olá… Alguém descobriu o código das letras nas notas do Cap. 8?

  12. William! Por acaso vc conseguiu decifrar as notas dos Capítulos 1 a 7, sem maiores dificuldades em razão da tradução do texto original? Gostaria de saber se vale a pena o esforço de quebrar a cabeça, com uma plausível solução em português! =)

  13. Onde posso encomendar um exemplar? Não estou achando em lugar nenhum!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *