Maurício Gomyde

Literatura, música e cinema

13 / agosto / 2015

Coluna Gomyde

Em uma palavra, Surpreendente! fala de cinema. Meu novo livro conta a paixão de um jovem pela sétima arte e sua busca pelo filme perfeito durante uma road trip cheia de emoções e reviravoltas com seus melhores amigos.

capa_surpreendente_03c_300c.inddNas palavras de um dos primeiros leitores, o romance é um “tributo ao cinema”. Acho que soou pretensioso, minha intenção não era exatamente essa quando comecei a contar a história. Prefiro traduzi-lo como “uma pequena homenagem, vinda de um espectador apaixonado”. Ainda que tenha frequentado por algum tempo o curso de audiovisual na UNB, considero-me apenas isto: um amante do cinema.

A ideia também era completar a trilogia das minhas paixões. Os outros dois são: O rosto que precede o sonho, que passeia no universo da música; e A máquina de contar histórias, no da literatura.

Reassisti a muitos longas para montar a trama, especialmente os que embalaram a minha adolescência. A cada citação de um trecho ou a cada nova passagem inspirada em um filme, batia a nostalgia e mais linhas eram escritas. Será que todo mundo sempre acha que o cinema de sua época é melhore que o das outras?  

Tentei contar a história como um filme, procurei escrever cenas cinematográficas. Também bolei uma trilha sonora condizente com as quatro vertentes do livro: paixão, amizade, cinema e estrada. Talvez seja um desejo secreto de sugerir ao leitor a experiência de assistir a uma obra das boas. Se ele virar a última página com a agradável sensação de ter imaginado algo, e não apenas lido, terei cumprido grande parte da missão.

Como diz Pedro Diniz, protagonista de Surpreendente!: “O cinema, a música boa e a literatura são instrumentos da Santíssima Trindade para salvar o ser humano da derrota como espécie.”

Se for verdade, estou tentando fazer minha singela parte.

Leia mais:
Trecho de Surpreendente!
Do básico ao acabamento

Tags , .

Leia mais Maurício Gomyde

Breve ensaio sobre a espera

Breve ensaio sobre a espera

De onde vêm as personagens?

De onde vêm as personagens?

As oito melhores cenas de despedida do cinema

As oito melhores cenas de despedida do cinema

O amor segundo Buenos Aires, segundo Maurício

O amor segundo Buenos Aires, segundo Maurício

Comentários

5 Respostas para “Literatura, música e cinema

  1. Cada dia mais ansiosa pelo livro. Já pedi o meu na pre venda e agora é rezar pra chegar logo.

  2. Curiosidade mata. Sou fa do mauricio desde o rosto que precede o sonho. Se o surpreendente for tao bom como os outros é sucesso sem dúvida.

  3. Literatura e Cinema? Esse livro promete… Desejo muito sucesso, Maurício! E que seja mais uma obra SURPREENDENTE para seus leitores!

  4. Contando as horas pra te – los nas mãos e devorar sei que será mais um Best – Seler. Parabéns a editora Intrínseca por ter em sua casa um escritor t fantástico como o Maurício Gomyde.

  5. Eu adoro livros que misturam música e literatura. Se tem cinema acho que vou amar. Já comprei e tomara que não demore.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *