Um pouco mais sobre o meu novo livro

Por Isabela Freitas

6 / maio / 2015

não se apega não

Sempre me perguntam o que sinto ao acabar de escrever um livro. Vazio. Oco. Como se tirasse um pedaço de mim, colocasse em uma bandeja e entregasse para a editora revisar. Ei, posso pegar de volta? Me devolvam, vai. Por favor! Quando ele volta pra mim? Em breve? Tudo bem.

Terminei de escrever meu segundo livro, Não se iluda, não, e tudo que consigo pensar é: Será que vão gostar? Será que alguém vai ler? Será que vou alcançar as expectativas dos meus leitores? Pois é, meus amigos, mesmo três anos depois da primeira vez em que entrei na Intrínseca continuo sentindo um frio na barriga. É sempre emocionante. Como andar em um montanha-russa, entende?

O processo de escrita do livro novo foi muito mais natural do que o de Não se apega, não. Foi como se os personagens sussurrassem no meu ouvido: “Ei, isso tem que acontecer!”. Então eu escrevia. E escrevia mais um pouco. E me apaixonava… Mas quem estou tentando enganar? Sou uma garota que se apaixona por personagens. Demorei seis longos meses para dar vida a essa história que em breve (muito breve) estará nas mãos de vocês. Seis meses escrevendo, reescrevendo, lendo, relendo. Não é fácil, mas no final todo o trabalho compensa. É como um amigo meu sempre diz, parece “um filho sendo gerado”.

Um dia desses, fiz uma visita despretensiosa à editora, achei que só conversaríamos sobre os últimos detalhes do livro. Foi então que minha editora, Livia, me disse que havia recebido algumas sugestões de capa. Fiquei extasiada. Implorei para que ela me mostrasse (e aqui devo ressaltar que eu e minha editora temos um acordo: ela não deve me mostrar ou me contar nada antes que se concretize, pois sou ansiosa e não sei guardar segredos!), e depois de resistir muito, ela me mostrou.

Essa foi minha reação ao ver a possível capa pela primeira vez: MEU DEUS! QUERO ESSA CAPA AGORA! Fiquei tão empolgada que queria gritar aos quatro cantos do mundo que a capa mais linda do mundo era minha. Há! Que mãe coruja, hein?

Então aqui estou eu, em uma prosa com vocês, contando alguns detalhes (esses eu posso contar) do meu segundo livro para que o tempo passe mais rápido e logo vocês já o encontrem em pré-venda. A Isabela vai crescer nesse segundo livro. Emocionalmente, profissionalmente… mas, é claro, vai continuar se metendo em problemas que não têm fim. Quer melhor representação da vida do que essa? Problemas que caem dos céus no nosso colo? Isso já virou rotina, viu?

Espero que vocês gostem do Não se iluda, não tanto quanto eu. E que esperem mais um pouquinho, só mais um pouquinho. Porque em breve vocês compartilharão de uma felicidade sem igual comigo. Mais uma vez.

 

Tags , , , .

Isabela Freitas é autora de Não se iluda, não e de Não se apega, não, o primeiro livro jovem nacional da Intrínseca. Em 2011, começou seu blog, que já soma mais de 130 milhões de visualizações. Estudante de Direito, pretende cursar Jornalismo um dia. Mora com os pais em Juiz de Fora (MG), onde nasceu.

VER TODAS AS COLUNAS

Comentários

3 Respostas para “Um pouco mais sobre o meu novo livro

  1. Fia, aprende a escrever, né! Passa esse texto pra revisora porque esse “Há!” aí é do verbo haver.

  2. Espero que em breve tenha uma tour do segundo livro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *