Artigos

A saga independente de Hugh Howey

11 / março / 2015

Por João Lourenço*

Foto: Amber Lyda

Foto: Amber Lyda

Hugh Howey é um daqueles casos em que a vida do autor é tão interessante quanto a vida dos personagens que ele inventa. Howey foi criado em Monroe, cidade interiorana do estado da Carolina do Norte, nos Estados Unidos. Durante os anos de faculdade, transformou um pequeno veleiro em moradia. “Eu não tinha muito dinheiro. Então, em vez de comprar um carro popular, comprei um barco e o transformei em uma minicasa flutuante. Foi difícil levar o barco para a minha cidade, pois eu o adquiri em outro estado. A jornada quase colocou a minha vida e a de um amigo em risco.” As ondas no pequeno porto onde o veleiro ficava ancorado mexeram com seus sentidos. Ele decidiu, então, que não esperaria a aposentadoria — abandonou os cursos de inglês e de física para percorrer o mundo com seu barco.

Hugh Howey começou por ilhas do oceano Atlântico e enfrentou, logo de cara, dois furacões. Após um ano velejando, suas economias acabaram. De volta aos Estados Unidos, encontrou um trabalho como capitão de iate. A nova profissão o levou para as Bahamas, o Canadá e vários outros cantos. E, talvez o mais importante, a aventura também o levou até a pessoa que iria convencê-lo a baixar a âncora e, finalmente, comprar uma casa em terra firme: Amber, sua esposa.

Enquanto gerenciava uma livraria independente, Howey começou a escrever sobre o tempo em que viveu no mar. Depois de iniciar vários romances que nunca conseguia concluir, decidiu explorar outros gêneros e formatos. Nas manhãs de folga e durante o horário de almoço, escreveu as histórias que deram origem ao primeiro volume da série Silo. Inicialmente publicado em e-books de forma independente, Silo teve sucesso repentino. Isso sem Howey fazer qualquer propaganda. A série tomou proporções gigantescas apenas com o boca a boca dos internautas. Ao perceber o burburinho em torno de sua obra, ele resolveu aprofundar a narrativa sobre o fantástico mundo subterrâneo.

capasSucesso de público e crítica, o livro se destacou nas listas mais importantes de best-sellers e abocanhou diversos prêmios, entre eles o Kindle Best Indie Book de 2012 — dedicado às publicações independentes. “Estava contente com minha carreira. Antes de Silo, fazia três anos que já estava publicando contos e pequenas histórias por conta própria. O sucesso me obrigou a deixar a livraria que eu ajudava a gerenciar. Pensei que conseguiria conciliar tudo, mas de repente eu tinha milhares de e-mails chegando o tempo todo: de fãs, agentes e pessoas de Hollywood. Por meses, meu trabalho foi apenas lidar com todo o assédio da mídia.” Até o escritor Stephen King, mestre do suspense e do sobrenatural, já se declarou fã da obra. E não para por aí: em Hollywood, o diretor Ridley Scott (Blade Runner: o caçador de androides) já adquiriu os direitos da adaptação da trilogia e planeja uma versão para o cinema.

Enquanto isso, Ordem acaba de ser lançado no Brasil. O segundo volume da série leva os personagens ao extremo. Esse é um tema recorrente na literatura de Howey, sempre interessado em observar como as pessoas agem para sair de situações de risco e de desespero. É fácil se imaginar no apocalipse que o autor criou. Talvez por isso Hugh Howey seja tão reverenciado. Ele nos lembra que somos capazes de tudo, e que violência e destruição estão mais perto do que gostamos de imaginar. Ao mesmo tempo, o autor mostra que até nos cenários mais cruéis e obscuros há espaço para compaixão, amor e esperança.

Howey é o tipo de pessoa que aguça a curiosidade. Além da ficção científica, ele já explorou gêneros como horror, literatura jovem, fanfiction, entre outros. No momento, está trabalhando em um livro infantil e, depois, pretende escrever sobre as pessoas que conheceu no tempo em que era capitão de iate. Presença forte nas redes sociais, seu blog pessoal está recheado de dicas para quem está preso nas primeiras páginas de um manuscrito. Em vídeos descontraídos, ele conta um pouco do mundo dos bastidores, fala sobre o dia a dia de um escritor e até ensina truques para quem pretende publicar seu livro de forma independente. Ele também planeja abrir uma livraria.

Atualmente, o autor mora em Júpiter (no caso dele, poderia ser o planeta), na Flórida. E não abandonou a paixão pelo mar. Às vésperas de completar 40 anos, está transformando outro barco em moradia — agora, o espaço vai acomodar também a mulher, Amber, e a cadela, Bella. Hugh Howey segue navegando em busca de novas histórias para contar. O que estão esperando? Todos a bordo!

João Lourenço é jornalista. Passou pela redação da FFW MAG!, colaborou com a Harper’s Bazaare com a ABD Conceitual, entre outras publicações estrangeiras de moda e design. Agora, está em NYC tentando escrever seu primeiro romance.

Tags , , , , .

Leia mais Artigos

Making Of: A cena do chuveiro

Making Of: A cena do chuveiro

Protegido: Post com livro associado

Protegido: Post com livro associado

Fotografia de um romance

Fotografia de um romance

Um lugar bem longe daqui não é tão longe como parece

Um lugar bem longe daqui não é tão longe como parece

Comentários

22 Respostas para “A saga independente de Hugh Howey

  1. Esse cara tem uma trajetória inspiradora. Começou de forma independente e explodiu. Isso mostra que o talento ultrapassa barreiras mesquinhas. Um autor iniciante pode escrever grande obras, só precisa que as grandes editoras apostem nele.

  2. Finalmente a Intrínseca nos brinda com o segundo volume da incrível triologia Silo. Howey é uma figuraça. Dizem os americanos que entraram em contato com ele, que é super cordial e humilde. O diferencial dos grandes autores!

  3. Oi, Jorge! Tudo certo? Vamos lançar no segundo semestre. 😉

  4. mal posso esperar o LEGADO. Com certeza irá me impressionar.

  5. Olá, Jéssica! Ainda não temos nenhuma informação sobre essa possibilidade. Qualquer novidade, divulgaremos por aqui. 🙂

  6. Jéssica, assim que tivermos novidades sobre o assunto divulgaremos! Abraços

  7. To esperando a mais de um ano pelo terceiro livro… espero que não demore muito.. 🙂

  8. Li os dois volumes. Ansioso pela conclusão. Alguma previsão de lançamento do terceiro volume? Obrigado 🙂

  9. Estou Lendo o segundo volume é fantástico, mal vejo a hora em que o Legado chegará!

  10. To lendo o Silo, já tenho Ordem. Essa informação do Legado até o fim do ano já está confirmada? Diz que sim!

  11. Sim! 😉

    O terceiro livro será lançado em Setembro!

  12. Ebaaa \o/ que Setembro chegue logo!!! Ansiosa para ler Legado 😀

  13. Que ótima notícia!!!!! Muito feliz….essa saga é sensacional!!

  14. Saga sensacional comprei o livro meio que por acaso estava procurando outro e fiquei facinado o fim da historia é show de bola

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *