DIÁRIO DE ISABELA FREITAS

Por Isabela Freitas

11 / setembro / 2014

13_Diário de Isabela Freitas

Não dá para ter controle sobre a vida do outro. Dia desses conversando com uma amiga, notei sua impaciência ao olhar de minuto em minuto a tela do celular. Perguntei o motivo que a estava atormentando tanto e tive como resposta a seguinte frase: “Não sei o que meu namorado está fazendo”. Não satisfeita, completou: “Tem uma hora que ele não dá notícias”.

Fiquei espantada, esperando que fosse apenas uma brincadeira. Logo ela, que sempre foi independente e segura de si. Jamais esperaria. Mas nada, ela estava mesmo falando sério. Tentei amenizar o clima falando que ele devia estar ocupado demais para respondê-la. Pra quê, meus amigos? Deu a louca na menina.

Ela abriu a bolsinha, tirou um papel amassado de dentro e disse com firmeza: “Vou ligar para o Marcos.” Marcos? Quem era Marcos? Logo mais fui saber que Marcos era o dono do nosso restaurante favorito, e que ele havia entregado esse papel a ela com seu número de telefone. Você sabe, caso ela se interessasse.

Tentei mudar o rumo da conversa, mas quando dei por mim, ela já havia marcado um encontro às escondidas. Céus! Tudo isso por um sumiço de uma hora no celular. Sabe, relacionamentos não são algemas, jaulas, ou trancas. Relacionamento não é se segurar forte no outro, e só soltá-lo em caso de vida ou morte. Você pode estar num relacionamento e ainda assim ter a sua própria vida. Você DEVE ter sua própria vida. Além dos apelidos fofos e das noites de sexta-feira dormindo de conchinha. Não se vive para ninguém mais além de si mesmo. Compartilhar momentos ao lado do outro, tudo bem. Mas depender do outro para ter momentos incríveis… É loucura. Nesse caso é melhor ligar para o Marcos. Com urgência.

 

Tags , .

Isabela Freitas é autora de Não se iluda, não e de Não se apega, não, o primeiro livro jovem nacional da Intrínseca. Em 2011, começou seu blog, que já soma mais de 130 milhões de visualizações. Estudante de Direito, pretende cursar Jornalismo um dia. Mora com os pais em Juiz de Fora (MG), onde nasceu.

VER TODAS AS COLUNAS

Comentários

3 Respostas para “DIÁRIO DE ISABELA FREITAS

  1. Com o seu livro e seus comentários, você ajuda muito nós. Sou sua fá.

  2. Intriseca , traz a isabela freitas pra autógrafo em Aracaju

  3. E o pior que isso ta acontecendo muito.ta com tres meses que me separei.e vivie 13 anos numa relaçao que so vim descobrir que no inicio do meu casamento vivie so pra ele.ate descobrir que niguem eh de niguem.como minha relaçao tava me fazendo mal.dei um basta.e creio que sua amiga eh insegura.e tem que se amar primeiro…e homen sao assim.eh so desapegar.hj quero viver,sorrir,namorar a vida eh otima eh so nos amar…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *