Sem categoria

O lado bom da Bienal

16 / abril / 2013

O escritor norte-americano Matthew Quick, autor de O lado bom da vida, estará presente na XVI Bienal do Livro Rio, evento literário que acontece entre os dias 29 de agosto a 8 de setembro. Lançado em janeiro, o romance já teve mais de 100 mil cópias vendidas no país e inspirou a comédia romântica homônima que rendeu à jovem Jennifer Lawrence o Oscar e o Globo de Ouro de melhor atriz.

Leia também: A trilha sonora de O lado bom da vida

Cena de O lado bom da vida, com Bradley Cooper e Jennifer Lawrence

Cena de O lado bom da vida, com Bradley Cooper e Jennifer Lawrence

Aos 30 anos, Matthew Quick era um respeitado professor de inglês em South Jersey que incentivava seus alunos a acreditar no próprio potencial e no poder da literatura — até o dia que se sentiu um hipócrita. Infeliz, ele largou o emprego e vendeu a casa para se dedicar ao sonho de escrever. Após três anos lidando com uma severa depressão, criou O lado bom da vida, romance que se tornou um sucesso imediato, com direitos para publicação adquiridos por outros 13 países.

Leia também: Uma conversa com Matthew Quick

Em O lado bom da vida, Pat Peoples, aos 30 e poucos anos, acaba de voltar de uma temporada em um hospital psiquiátrico e tem uma teoria: sua vida é um filme produzido por Deus, sua missão é se tornar física e emocionalmente preparado e seu final feliz será a reconciliação com o amor de sua vida, Nikki. Para isso, Pat segue uma rígida rotina de exercícios e inicia a leitura dos livros preferidos da ex-esposa, grandes clássicos norte-americanos de autores como Hemingway, Fitzgerald, Sylvia Plath, Mark Twain e J. D. Salinger.

Leia também: A biblioteca de Pat Peoples

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Leia o 1º capítulo de O lado bom da vida.

Dirigida por David O. Russell, a adaptação cinematográfica de O lado bom da vida é estrelada por Bradley Cooper (Se beber, não case), Jennifer Lawrence (Jogos vorazes) e Robert De Niro. Assista ao trailer:

Leia mais Sem categoria

concurso cultural de extraordinário

concurso cultural de extraordinário

A Torre Invisível traz a lenda do rei Arthur ao século XXI

A Torre Invisível traz a lenda do rei Arthur ao século XXI

A maior batalha física e mental do esporte: aprenda tudo sobre o tênis

A maior batalha física e mental do esporte: aprenda tudo sobre o tênis

Sorteio Site – Mundo em caos

Sorteio Site – Mundo em caos

Comentários

3 Respostas para “O lado bom da Bienal

  1. Meu Deus! Eu amo esse escritor, leio “O lado bom da vida” sempre que posso pelo e-book do tablet.

    Com toda certeza, como fã do livro, do filme e dos atores (Te amo, JLaw! Tributo para Sempre!) vou para Bienal apenas para beijá-lo!

  2. aaaaaaaaaaaaaaah Fiquei doido quando li isso, mas não tem nada falando sobre ele no site da Bienal ainda :s

    Tomara que ele dê autógrafos lá na Bienal 0000

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *