Destaque, Notícias

Uma abundância de títulos

23 / janeiro / 2013

Para quem já leu e releu A culpa é das estrelas e está sentindo falta dos diálogos geniais e sacadas brilhantes de John Green, o Blog das Séries traz uma ótima notícia: em março de 2013, lançaremos O teorema Katherine, livro publicado pelo autor nos Estados Unidos, em 2006.

 

Transpor o título de uma obra para outros idiomas é sempre um desafio linguístico para tradutores e editores. Pelo mundo, An abundance of Katherines, do original em inglês, virou Die erste Liebe (nach 19 vergeblichen Versuchen) [O primeiro amor (depois de 19 tentativas malsucedidas)] na Alemanha; Le théorème des Katherine [O Teorema de Katherine], na França; 19 keer Katherine [19 vezes Katherine] na Holanda; e Katherine a köbön [A Katherine à terceira potência] na Hungria. O título escolhido para a versão brasileira, O teorema Katherine, foi inspirado na solução italiana: Teorema Catherine – lá, porém, eles optaram pelo C em vez de K, porque não se pode ter a letra K no nome.

Em O teorema Katherine, o protagonista Colin Singleton tem uma queda especial por meninas chamadas “Katherine”! E quando se trata dela, é regra, Colin está sempre levando o fora. Dezenove vezes, mais especificamente. E é após o trauma do último rompimento que ele – ex-criança prodígio, entusiasta de anagramas, que acaba de se formar no ensino médio e se martiriza por ainda não ter tido um grande e significativo momento de genialidade – põe o pé na estrada.

Dirigindo sem destino, com o coração partido, um caderno de anotações no bolso e o melhor amigo no banco do carona, Colin, enfim, visualiza sua missão: formular e comprovar o teorema Katherine, que, ele espera, poderá prever o futuro de qualquer relacionamento, vingar todo e qualquer pé na bunda e, finalmente, ajuda-lo a conquistar sua garota.

Tags , , .

Leia mais Notícias

Vida após a morte: a batalha de Damien Echols por justiça

Vida após a morte: a batalha de Damien Echols por justiça

Mensagens extraordinárias

Mensagens extraordinárias

Jim Hopper está de volta no novo livro do universo expandido de Stranger Things

Jim Hopper está de volta no novo livro do universo expandido de Stranger Things

Mariana Enriquez vence Premio Herralde de Novela 2019

Mariana Enriquez vence Premio Herralde de Novela 2019

Comentários

20 Respostas para “Uma abundância de títulos

  1. Olá Editora linda!!
    Sou MUITO fã do Green, fico muito feliz por saber desta notícia. Só achei uma pena a Editora publicar esse livro antes do “Paper towns,” mas fazer o que né rsrrsrs! Vocês já decidiram sobre a capa?
    Achei linda a última capa da postagem!!! =D

  2. Ansioso pra esse novo lançamento do John Green no Brasil! Aliás, também tô ansioso pra saber como será a versão brasileira da capa.

  3. Eu já quero muito,muito,muito,muito e muito esse livro …. John Green sem palavras !!!!!!! ^.^

  4. Gosto da iniciativa da Editora e espero que a tradução do título para o português seja com o intuito de melhorar a compreensão ou que seja tradução literal. Pois vemos muitos exemplares com traduções que nada tem a ver com a história. É como se as editoras não soubesse do que se trata o livro. É o caso de A Menina Que Não Sabia Ler da Editora Leya, foi traduzido apenas por questão comercial, sendo que o título ilude os leitores a compararem-o com A Menina Que Roubava Livros da Intrínseca.

  5. Estou acabando de ler o livro na versão em inglês, na minha opinião é um dos livros mais fracos do John Green até agora… mesmo assim é fofo.

  6. Acho q o da Hungria seria ‘ao cubo’ (‘à terceira potência’ é horrível!)

  7. Ai que ótimo! 😀
    Vocês pretendem colocar alguma dessas capas acima?

  8. Quando terminei de ler “a culpa é das estrelas”, fiquei apaixonada pelo livro e logo procurei outro livro do Green para ler. Para minha felicidade encontrei o “Quem é voce, Alasca”, o qual eu acabei de ler hoje. Assim que terminei de ler, vim procurar algum outro livro deste genial autor para ler e fiquei muito feliz com a noticia relatada acima. Parabéns editora! O livro vai ser outro sucesso!

  9. Por favor, publiquem “Quem é você Alasca?” e com uma capa digna.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *