Notícias

O lado bom da vida e Argo são indicados ao Oscar

10 / janeiro / 2013

A comédia O lado bom da vida, inspirada no romance de Matthew Quick que será publicado no próximo dia 12 de janeiro pela Intrínseca, recebeu oito indicações ao Oscar, incluindo melhor filme, melhor diretor e melhor roteiro adaptado. Argo, thriller político de Ben Affleck baseado na não ficção de Antonio Mendez e Matt Baglio, concorre a sete Oscars, entre eles melhor filme e melhor roteiro adaptado.

Leia também: Argo é o grande vencedor do Globo de Ouro

A cerimônia de entrega do Oscar será em 24 de fevereiro.

Confira abaixo todas as indicações recebidas:

O lado bom da vida
– Melhor filme
– Diretor: David O. Russell
– Roteiro adaptado: David O. Russell
– Ator: Bradley Cooper
– Atriz: Jennifer Lawrence
– Ator coadjuvante: Robert De Niro
– Atriz coadjuvante: Jacki Weaver
– Edição: Jay Cassidy e Crispin Struthers

Argo
– Melhor filme
– Ator coadjuvante: Alan Arkin
– Roteiro adaptado: Chris Terrio
– Edição: William Goldenberg
– Trilha sonora: Alexandre Desplat
– Edição de som: Erik Aadahl e Ethan Van der Ryn
– Mixagem de som: John Reitz, Gregg Rudloff e José Antonio García

Confira também as listas do Globo de Ouro, SAG Awards, Producers Guild Awards e Spirit Awards.

Em O lado bom da vida, Pat Peoples, um ex-professor de história na casa dos 30 anos, acaba de sair de uma instituição psiquiátrica — mas ele não se lembra o que fez nem quanto tempo ficou por lá. Para trazer a sua vida de volta aos eixos, Pat passa a seguir uma nova filosofia de vida, que inclui entrar em forma, ser gentil e, principalmente, fazer de tudo para se reconciliar com a ex-mulher, Nikki.

O filme de David O. Russell, estrelado por Bradley Cooper (Se beber não case), Jennifer Lawrence (Jogos vorazes) e Robert De Niro, também recebeu quatro indicações ao Globo de Ouro, cinco ao Spirit Awards e três ao Bafta. Sua estreia nos cinemas brasileiros será no dia 1° de fevereiro.

Eleito o melhor filme norte-americano de 2012 pelo prestigiado American Film Institute, Argo reconstitui a ousada estratégia da CIA para resgatar um grupo de seis diplomatas que escaparam da invasão à embaixada dos Estados Unidos em Teerã durante a revolução de 1979. Para retirá-los do país, o então agente da CIA Antonio Mendez idealizou um plano inusitado: simular uma produção de Hollywood em busca de locações no Oriente Médio.

O filme dirigido e protagonizado por Ben Affleck concorre em cinco categorias do Globo de Ouro e cinco do Bafta.

Leia mais Notícias

As mais lidas de dezembro

As mais lidas de dezembro

O lado bom da vida de Pat Peoples

O lado bom da vida de Pat Peoples

Confira as fotos do lançamento de “Serpentário” em São Paulo

Confira as fotos do lançamento de “Serpentário” em São Paulo

A última carta de amor, de Jojo Moyes, vai virar filme

A última carta de amor, de Jojo Moyes, vai virar filme

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *