autores nacionais, Sem categoria

Nosso primeiro autor nacional

15 / agosto / 2011

Jornalista há quinze anos, treze deles dedicados aos diários impressos, Fellipe Awi acaba de assinar com a Intrínseca para escrever o nosso (e o dele também) primeiro título brasileiro. Awi, atualmente na Sportv, é autor de reportagens de fôlego publicadas pelo jornal O Globo, como a série Nos porões do futebol, que lhe rendeu o prêmio Embratel e o Prêmio Ibero-Americano da Unicef, e coautor do caderno Retratos do Rio, pelo qual recebeu os prêmios Esso e Ayrton Senna.

Criada em 2003, a partir da publicação da primeira obra de uma jovem parisiense (Hell Paris – 75016, de Lolita Pille), a Intrínseca inova ao optar pela publicação de ficção e não ficção priorizando a qualidade, e não a quantidade de lançamentos. Nosso catálogo reúne atualmente 123 títulos cuidadosamente selecionados, dotados de uma vocação rara: conjugar valor literário e sucesso comercial. Um modelo de negócio editorial diferente e bem-sucedido, que agora estreia com um livro nacional.

Ainda sem título definido, o livro tratará da história das lutas de Artes Marciais Mistas (MMA, em inglês), esporte que o Brasil ajudou a transformar numa febre e que movimenta centenas de milhões de dólares no mundo inteiro. Hoje o MMA conquista cada vez mais fãs no país, inclusive entre o público feminino, e a marca do principal campeonato da luta, o UFC, vale um bilhão de dólares.

Leia mais autores nacionais

Eu prefiro amar

Eu prefiro amar

De onde vêm os romances

De onde vêm os romances

Comentários

11 Respostas para “Nosso primeiro autor nacional

  1. Vai ser bem legal, primeiro autor brasileiro da Intrínseca! Assim vou querer escrever também husahuasuhsahuasuhasuhau!

  2. Se publicarem todo o tipo de livro (desde romance a ficção) logo poderei levar o meu livro para ser avaliado. eu estou só dando uma finalizada. Logo poderá ser publicado também. kkk

  3. Que ótima notícia. Agora sim estou gotando mais ainda da Intrínseca. Eu também estou tentando criar uma história fictícia, mas pelo tempo que estou planejando vai demorar alguns anos até eu terminar pelo menos um rascunho do meu primeiro livro.

  4. Sucesso para o Felipe e para a Intrinseca, espero que esse seja apenas o primeiro e vários outros que virão para compartilhar essa maravilhosa editora pois têm muita gente boa no nosso país. Parabéns!!!
    @thaisrory

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *