Notícias

O australiano Markus Zusak, autor de A menina que roubava livros, está mais perto

6 / junho / 2011

 

Na última semana, ao depararmos com um novo perfil no Twitter que, ao que tudo indicava, pertencia a Markus Zusak, levamos um susto. Sempre preocupado em proteger sua intimidade, o autor do best-seller internacional A menina que roubava livros evitava a exposição comum às redes sociais. Entramos em contato para confirmar se os posts eram realmente dele e tivemos a alegria de uma resposta positiva (sim, @markus_zusak é ele!) e de outras boas notícias.

Além da conta no Twitter, Zusak criou também um perfil no Facebook com a intenção de aproximar-se dos fãs, espalhados pelo mundo todo. Aos poucos, está construindo um precioso acervo em seu perfil, começando com as capas das edições internacionais de seus livros, de vídeos com entrevistas e booktrailers. No entanto, sua prioridade agora é terminar seu sexto livro, o aguardado Bridge of Clay, e lançá-lo já no próximo ano na Austrália. A edição brasileira será publicada logo depois pela Intrínseca.

Zusak se lembra carinhosamente de sua vinda ao Brasil, em 2007, e diz que gostaria muito de voltar. Aliás, sua capa preferida foi editada aqui: é a primeira edição de Eu sou o mensageiro, assinada por Mariana Newlands  — que atualmente estampa a edição australiana.

 

 

Tags , , .

Leia mais Notícias

Debate sobre literatura policial

Debate sobre literatura policial

Ed Harris será John McCain na adaptação da HBO de “Game Change”

Ed Harris será John McCain na adaptação da HBO de “Game Change”

Se você não imagina uma feminista de burca, precisa ler este livro

Se você não imagina uma feminista de burca, precisa ler este livro

Saiba tudo sobre o novo livro de Rick Riordan

Saiba tudo sobre o novo livro de Rick Riordan

Comentários

14 Respostas para “O australiano Markus Zusak, autor de A menina que roubava livros, está mais perto

  1. Li “A Menina que Roubava Livros” e adorei. Minha professora de Português da 6ª série (em 2008), me emprestou o livro. Nossa, ela disse que acharia que seria difícil e que se o fosse eu poderia devolvê-lo sem ler. Consegui e até hoje adoro esse livro.
    Um dos clássicos modernos. A CAPA É FASCINANTE.

  2. Foi um dos melhores que já li, com a morte contando a história e tudo mais! Só achei o final meio decepcionante.

  3. AMEI TUDO!! DEGUSTEI CADA PÁGINA COMO SE FOSSE A ULTIMA QUE IRIA LER, CADA PEDACINHO DELA E ME SENTI EMOCIONADA, EXTASIADA É A PALAVRA CERTA!! PARABÉNS MARKUS, ESPERO UM DIA PODER DIZER PESSOALMENTE.

  4. O livro é fascinante: as palavras podem, e mudam, a vida de quem se relaciona com elas, assim como daques que estão ao redor. Recomendo!

  5. Olá! Markus vai lançar o sexto livro e, se não me engano, a Intrínseca só publicou dois no Brasil… Quando será lançado outro livro dele? Adorei “A Menina que roubava livros” e “Eu sou o mensageiro” e gostaria muito de ler os outros livros do autor.

  6. Mas o final já era meio que esperado porque a história é contada pela morte, mas não tenho nada que reclamar, adorei A menina que roubava livros e estou ansioso para ler Eu sou o mensageiro.

  7. Maravilhoso!!! Quero ler de novo, pois é muito rico pra uma lida só. Os dois focos principais do narrador é que me encantaram. E a forma como são mostradas a cor e as palavras, sendo agentes e não objetos… fantástico!

  8. Adoro os dois livros dele, “Eu sou o mensageiro” e, é claro, “A menina que roubava livros”. Ele é muito inteligente e seus livros mostram a vida como ela realmente é. Nunca me esqueço das primeiras palavras de “Eu sou o mensageiro”:
    “O assaltante é uma mané
    Eu sei disso
    Ele sabe disso
    O banco inteiro sabe disso
    Até o meu parceirão Marv que é mais mané que ele sabe disso”
    Muito bom! kkkkk

  9. “A menina que roubava livros” é simplesmente fascinante! É um pouco extenso, mas com certeza compensa. Vale a pena “perder” uma semana com esse livro. Como a morte é a narradora da historia tem um “quê” de curiosidade. Mas enfim, eu indico pra qualquer pessoa, livro nota 1000.

  10. É verdade de que ele também é autor do livro ”A rapariga que roubava livros”?

  11. Depois de ler o “a menina que roubava livros”, já sei que Markus é o meu autor preferido. Vou ler todos os teus livros e te estimo muito.
    🙂

  12. A Menina Que Roubava Livros:
    Início da Leitura – 07/04/2015 – Término – 22/04/2015
    Opinião: Perfeito!
    “Sinto falta dos personagens que fizeram parte de minha vida durante esses dias”. Acho que ela casou-se com Max!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *