Joaquim Ferreira dos Santos

Joaquim Ferreira dos Santos

Joaquim Ferreira dos Santos nasceu no Rio de Janeiro. Começou no jornalismo como repórter do Diário de Notícias, em 1969, e ocupou diversos cargos em veículos como a revista Veja, o Jornal do Brasil, O Dia e O Globo. Neste último, criou uma coluna de notas no mesmo espaço ocupado anteriormente por Zózimo Barrozo do Amaral. É autor de diversos livros de crônicas, tendo textos incluídos em antologias com o melhor do gênero. Publicou ainda Feliz 1958 - O ano que não devia terminar e as biografias de Antônio Maria e Leila Diniz.

 

 

Títulos pela Intrínseca