Notícias

Mixtape para Bennie Salazar

Bennie Salazar, para quem “a nostalgia era o fim da linha”, esconde uma confissão atravessada na garganta: nutre ódio pela indústria musical à qual dedicou toda a sua vida. Um dos personagens centrais de A visita cruel do tempo, obra premiada de Jennifer Egan, o ex-punk e agora magnata da indústria fonográfica reflete sobre a música que ele e seus amigos curtiam na Bay Area da década de 1970 em contraponto ao que a sua gravadora, a Sow’s Ear Records, oferece ao mercado. Aquele som sujo, agora inexistente ou emulado digitalmente, condensa o que ele descreve como a “sensação de estar ouvindo músicos de verdade, tocando instrumentos de verdade em uma sala de verdade”. Com o tempo, o adolescente que sonhava em levar sua banda punk, The Flaming Dildos, para tocar em Mabuhay Gardens, na Broadway, se envergonha do som que ele e seus amigos constroem diariamente: cascas frias, sem alma em que tudo não passa de efeito. E, por mais que Bennie trabalhe e se empenhe para oferecer às pessoas músicas que elas possam amar, ele sabe que o som, na verdade, é uma merda, limpo demais, perfeito e digitalizado demais.

Por um período de 50 anos, A vista cruel do tempo interliga histórias como a de Bennie Salazar, em 13 capítulos sobre a construção e o desmanche dos sonhos ao longo da vida. Partindo da São Francisco punk de Bennie, montamos uma mixtape para o personagem, com as bandas que Jennifer Egan escalou como as maiores referências para ele.

Ouça a mixtape para Bennie Salazar

The Passenger – Iggy Pop
Seventh World – ­The Sleepers
Too Drunk to Fuck – Dead Kennedys
Alive – Pearl Jam
My Generation – The Who
Search and Destroy – The Stooges
Take Her Where the Boys Are – Eye Protection
Kimberly – Patti Smith
Ever – Flipper
Six Pack – Black Flag
I Just Want Some Skank – Circle Jerks
No More Heroes – The Stranglers
Media Control – The Nuns
Mercenaries – Negative Trend
Frustration – Crime
The American in Me – The Avengers
Lexicon Devil – The Germs
Heart of Glass – Blondie

Ouça também:

David Nicholls em seis canções
Edição especial de Um dia +mixtape para Emma Morley 
A trilha sonora de Cinquenta tons de cinza
Trilha sonora de Um dia
Queremos música no Fantástico! 

Leia também:
Assista aos melhores momentos da mesa com Jennifer Egan e Ian McEwan na Flip
Entrevista com Jennifer Egan (vídeo)

Os livros preferidos de Jennifer Egan
Grandes pausas do rock’n’roll
De Tarantino a Iggy Pop: pequenas histórias sobre Jennifer Egan
O desfecho de Caixa preta 

Tags: , ,

6 respostas a Mixtape para Bennie Salazar

  1. Pingback: Os livros preferidos de Jennifer Egan | Editora Intrínseca

  2. R.L. disse:

    Genial, assim fica muito tentador ler o livro e ouvir estas músicas para criar o clima perfeito.

  3. Pingback: Extras de “A visita cruel do tempo” | Editora Intrínseca

  4. Pingback: De Tarantino a Iggy Pop: pequenas histórias sobre Jennifer Egan | Editora Intrínseca

  5. Pingback: Casa Intrínseca de portas abertas na Flip 2012 | Editora Intrínseca

  6. Pingback: Casa Intrínseca de portas abertas na Flip 2012 |

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>