Bastidores, Notícias

Marketing se aprende na estrada

Por Heloiza Daou*

Foram 5 fins de semana, mais de 30 horas de viagem, 27 horas de eventos, 25 tipos de brindes e quase 1.000 pessoas. Quando decidi colocar a mochila nas costas e partir pelo Brasil, não imaginei quantos números iriam aparecer na minha frente e o quanto eles modificariam a estrutura dos eventos já há tanto tempo estabelecida, colocando a Intrínseca em outro patamar no que diz respeito ao relacionamento com os fãs.

Desde o fenômeno Crepúsculo, nós apoiamos os encontros feitos pelos fãs. Sempre gostamos de acompanhar o processo, confeccionar os brindes, receber os roteiros e os relatórios com fotos. Mas com o tempo percebemos que os eventos estavam muito iguais, e surgiu a vontade de nos envolvermos ainda mais, participando, vendo de perto. Como atender a esse desejo mantendo os fã-clubes envolvidos? Não houve outro jeito — ainda bem. Sair da comodidade do escritório para encontrá-los, viajar horas, apresentar os lançamentos, vídeos, ideias. Compartilhar nossos triunfos, dificuldades, bastidores das publicações, curiosidades. E, em troca, ser recebida por cerca de 100 pessoas em cada cidade: crianças, jovens e adultos, fãs, autores, vendedores e livreiros — todos, sem exceção, interessados e atentos.

E como aprendi. Com os detalhes e as características de cada canto a gente cresce e entende melhor realidades tão diferentes. Seja com a maturidade das meninas de Recife, tão novas e competentes conduzindo as atividades; o incrível — e impossível — caça-palavras do pessoal de Fortaleza; a paixão das meninas de Brasília pelo John Green; a energia e os sorrisos de todos de Salvador; os gritos para responder o quiz em Manaus; o público enorme em Belém; a caracterização de O circo da noite em Porto Alegre; as camisetas laranja no Center Norte, em São Paulo; e a felicidade e a presença dos fãs no Rio.

Todos tão iguais na paixão pela literatura e ao mesmo tempo tão diferentes. Entendo mais claramente que não adianta estabelecer o que funciona no Sudeste como parâmetro para o restante do país. E não é porque uma campanha funcionou em Fortaleza que ela também vai funcionar no Recife ou em qualquer outra cidade do Nordeste. Não há teoria de divulgação e/ou marketing que se compare ao olho no olho e ao contato pessoal, como ocorreu nas brincadeiras e disputas aos claros risos na alegria de nove tardes das quais tive a honra e o prazer de fazer parte.

Fica aqui meu agradecimento a todos que foram, comentaram, participaram, escreveram, perguntaram, reclamaram ou que simplesmente estavam lá e me receberam de portas e braços abertos: Recife, Fortaleza, Brasília, Salvador, Manaus, Belém, Porto Alegre, São Paulo e Rio de Janeiro. Essa Turnê não teria sido possível sem o apoio e a presença dos fãs. Registro aqui a alegria e a satisfação de um projeto que se tornou um sucesso graças a vocês e confirmo o compromisso — há muito já firmado — de nos revermos em breve. Muito em breve.

Obrigada. :)

*Heloiza Daou é Gerente de Marketing da Intrínseca

Veja também:
Fotos da 1ª Turnê Intrínseca

Tags: , ,

9 respostas a Marketing se aprende na estrada

  1. Sandra Bonatti disse:

    Só falta vcs virem pra Floripa!!! Estamos esperando a Intrínseca aqui!!!!

  2. Heloiza, obrigado você que aceitou fazer parte dessa jornada com tanta alegria, sei que não foi fácil viajar por todo os cantos do Brasil, mas você fez isso de uma forma tão boa. Parabéns e … ahamn Nós aqui de Brasilia te esperamos. ok?
    Ri quando vc falou do Jonh Green! Pura verdade, uma gritaria quando o nome dele era mencionado…

  3. zayron disse:

    kkk Ri da parte do caça-palavras aqui em Fortaleza, tava difícil mesmo, viu ?! E quero outra turne de novo :D

  4. Izabella disse:

    Lindo, lindo, lindo.
    Amei, amei, amei.
    Valeu a iniciativa, Intrínseca, todos estão de parabéns.
    Principalmente a Heloiza Daou que foi um amor de pessoa com todos.
    Já quero outra turnê aqui em Belém rsrs.

  5. Camila disse:

    Foi muito bom! Até 2013!

  6. Deus do Céu!!! Acho que to lagrimando ou por causa do seu relato e do evento que foi maravilhoso, ou porque são 6 hs da manhã ou ainda por ser dia dos namorados…

    Foi maravilhoso e acima de tudo conheci tanta gente que curte as mesma coisas do que eu!!! Semana passada discuti muito no face com alguns sobre como maravilhoso é O Circo da Noite e como estou ansiosa de reencontrar esse povo no evento do Filho de Netuno, estamos inseparáveis e quero que continue assim!!! Obrigada pelas novas possibilidades…

    Beijos, May.

  7. Pingback: Dia de treinamento « #sobrefatalismos

  8. tamires huyla silva disse:

    O evento de Porto Alegre foi muito bom, ninguém imaginava que ia faltar espaço e que o povo ia ter que se acomodar como podia pelo piso da livraria … Aguardo anciosamente pelo proximo evento.
    Vocês são a única editora que já fez isso pelos leitores e com certeza é um grande diferencial .

  9. Dana disse:

    AUSHUAHSUHA meu caça-palavras impossível kkkkkk
    Heloooo foi muito massaaaaaa ter vc aqui em Fortaleza apresentando a turnê! Já quero outra hehehe
    beijos e seja sempre bem vinda aqui na terrinha!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>