Porcelain

Memórias

Moby
  • Formato(s) de venda: livro, e-book
  • Tradução: Alexandre Raposo
  • Páginas: 416
  • Gênero: Não Ficção
  • Formato: 16 x 23
  • Lançamento: 24/05/2016

De um dos músicos mais icônicos e fascinantes de nosso tempo, o relato terno, divertido e angustiante de uma trajetória que vai da pobreza e da alienação ao improvável sucesso mundial.

Havia diversas razões para Moby jamais deslanchar como DJ e músico na cena club nova-iorquina. Aquela era a Nova York das boates Palladium, Mars, Limelight e Twilo, a cidade do hedonismo desenfreado regado a drogas, e lá estava Richard Melville Hall, descendente distante do autor de Moby Dick, um garoto branco, pobre e magrelo de Connecticut, cristão devoto, vegano e totalmente careta.

Moby testemunhou em Nova York um submundo cultural atrevido e festivo. Ele encontrou seu espaço e alcançou o sucesso, que logo se mostrou efêmero e cheio de complicações. No desfecho da década de 1990, frente a um fim iminente, acabou criando o álbum que viria a ser o início de uma nova fase espetacular: Play, que vendeu milhões de cópias no mundo todo.

Moby

Moby

Moby é cantor, compositor, músico, DJ e fotógrafo, e já vendeu mais de vinte milhões de discos no mundo inteiro. Mora em Los Angeles.