Linda, como no caso do assassinato de Linda

Leif GW Persson
  • Formato(s) de venda: livro, e-book
  • Tradução: Mauro Pinheiro
  • Páginas: 432
  • Gênero: Ficção
  • Lançamento: 20/07/2015

Em um verão especialmente quente na Suécia, Linda Wallin, aluna da Academia de Polícia de Växjö, é brutalmente estuprada e assassinada. Evert Bäckström, um policial machista e autocentrado de Estocolmo, recebe a missão de comandar a investigação do crime e desloca sua equipe para a bucólica cidade.

Egoísta, vaidoso e cheio de preconceitos, Bäckström não demonstra senso de dever ou responsabilidade. É um homem capaz de sentir afeto apenas por seu peixinho dourado e por garrafas de bebida - o retrato da mediocridade e da mesquinhez. Para resolver o caso, a
resignada equipe de policiais precisará correr contra o tempo e seguir as escassas pistas que a intransigência de Bäckström não deixou escapar.

No mundo cínico criado por Persson, povoado por abutres de todos os tipos, a justiça só triunfa parcialmente. Um romance impiedoso, mas que retrata a realidade de modo absolutamente hilariante.

Leif GW Persson

Leif GW Persson

Leif GW Persson é um dos criminologistas mais famosos da Suécia e um grande analista de perfis psicológicos. Trabalhou como consultor do Ministério da Justiça e foi professor do Conselho Nacional de Polícia da Suécia, por isso é regularmente consultado por ser um dos maiores especialistas do país na área criminal. Ele também é considerado o grande nome da literatura policial nórdica.

Resenhas

Bäckström é um dos heróis mais singulares do gênero.

Financial Times

Combina de modo inteligente política, corrupção e investigação policial.

The Times