Crepúsculo / A carta da mamãe

Fórum de discussão oficial

Você não está logado.

#1 07-06-2009 16:44:21

Agnes
Membro
Cadastrado: 24-04-2009
Posts: 13

A carta da mamãe

CAPITULO UNICO


"Você é o Sr. Edward?"

Eu pisquei, surpreso, enquanto olhava pra baixo, para a garotinha a minha frente. Seus olhos castanhos-chocolate estavam abertos e curiosos, e havia um pequeno sorriso flutuando em seus brilhantes lábios rosados. Sua pele – de um escuro castanho avermelhado – era tão macia sob minha mão enquanto eu me abaixava e segurava seu ombro levemente, para que eu pudesse encarar seus olhos.

"Eu me chamo Edward Cullen" Eu esclareci, confuso. "Eu conheço você, senhorita?"

Ela riu da minha formalidade, e então, sacudiu a cabeça.

"Nuh uh. Mas, minha mamãe conhecia você."

Meu coração – parado há mais de cem anos – despedaçou-se quando eu percebi por que os olhos da garotinha, tão profundos, tão belos, pareciam tão familiar.

"Bella?" Eu sussurrei, e dizer o nome que não havia sido dito há mais de quinze anos fez meu coração partir-se novamente. Eu sabia que, se eu pudesse derramar lágrimas, elas estariam correndo pelas minhas bochechas, tão frias, tão duras, tão pálidas, nesse exato momento.

A garotinha assentiu.

"Uh huh! Essa era minha mamãe. Aqui." Ela disse, enquanto procurava algo dentro de sua mochila rosa-claro em formato de gatinho e seu pequeno punho agarrou um envelope – gasto pela idade e uso. Ela o colocou em minhas mãos e sorriu, mostrando uma grande fenda de onde seus dentes da frente tinham caído. "Mamãe disse que, se um dia eu te visse, eu devia te entregar isso.”

"Obrigado," Eu sussurrei, já que eu não podia permitir que minha voz se elevasse nem um pouco, por medo de que eu começasse a soluçar. Meus dedos dançaram por sobre o papel gasto – eu estava certo de que a garotinha tinha olhado para aquela carta infinitas vezes – e eu lutei contra os sentimentos que ameaçavam me consumir. Os sentimentos que ficaram trancados por tanto... tanto tempo. "Obrigado," Eu sussurrei novamente, e a garotinha sorriu orgulhosamente.

Mas seu sorriso decaiu e ela se virou rapidamente, seus olhos se iluminaram com felicidade quando eles pousaram no homem, preocupado, que corria em sua direção.

"Marie Alice Black! Onde foi que você esteve?”, o homem exigiu preocupado, pegando a garotinha em seus braços morenos. Era fácil notar que esse homem era seu pai – a semelhança era gritante. "Oh, Marie, nunca me assuste assim de novo."

O homem nem ao menos me notou, enquanto ele checava rapidamente sua filha para ter certeza de que ela não estava machucada. E enquanto ele se afastava com ela em seus braços, ela olhou por cima de seu ombro e acenou. Eu tentei acenar de volta, mas eu não podia. Eu não podia me mover. Eu não podia respirar. Era tudo que eu podia fazer para não chorar.

"Onde está a carta da mamãe?" o homem perguntou de repente, surpreso.

"Eu perdi" Marie disse alegremente, e ele franziu o cenho.

"Quer voltar para procurá-la, querida? Eu sei o quanto ela era importante para você."

"Não," Marie disse lentamente, e enlaçou seus bracinhos no pescoço do homem. "Está tudo bem. Eu não preciso mais dela. Eu sei que a mamãe está comigo, mesmo agora. Ela nunca me abandona.”

Uma expressão de orgulho se formou no rosto do homem, e ele beijou a testa de Marie tão carinhosamente, tão suavemente.

"Essa é a minha garotinha," ele murmurou suavemente, e então, eu não podia mais vê-lo. Eu não podia mais vê-la. Eu não podia mais ouvi-los.

Do contrário, eu estava sozinho. De novo. Pra sempre.

Meus dedos, tremendo, estremecendo, lentamente abriram o envelope, e eu puxei os dois pedaços de papel do interior, papel que estava gasto com o tempo, mas eu tinha certeza de que nunca havia sido tocado. Era quase como se Marie tivesse segurado o envelope na sua pequena palma por toda sua vida, mas sem nunca abri-lo. As únicas imperfeições no puro, branco papel eram as manchas de onde lágrimas haviam caído enquanto a carta era escrita.

Edward, começava, e eu segurei um soluço enquanto eu me enrolava, pondo meus joelhos no meu peito e um braço ao redor deles, enquanto meus olhos, brilhando com lágrimas que eu nunca derramaria, correram rapidamente pelo papel.

Edward,

Eu consegui.

Foi a coisa mais difícil que eu já fiz, mas eu consegui. Eu segui em frente, Edward, assim como você pediu. Eu terminei o Ensino Médio. Eu fui pra faculdade. Eu me apaixonei de novo. Eu me casei. E eu sou a mãe da garotinha mais linda e doce do mundo inteiro. Ela é minha luz nessa vida, e eu não podia pedir por mais.

Jacob é um bom homem. Foi ele que me manteve inteira quando você partiu. Eu tentei me matar, sabe, porque eu estava tão certa de que eu não conseguiria prosseguir sem você. Mas ele me salvou. Ele me puxou dos penhascos, e quando ele me segurou em seus braços, e me senti completa pela primeira vez em tanto tempo.

Eu me apaixonei por ele, Edward. De verdade. Eu contei tudo a ele, porque eu sabia que não seria justo se eu não fizesse isso. Porém, eu nunca poderia dar a ele meu coração inteiro, pois meu coração nunca esteve inteiro desde que você me deixou. Mas eu entreguei a ele todos os pedacinhos que eu pude achar, e ele cuidou deles, e ele cuidou de mim.

Eu nunca poderei amá-lo como eu amo você, mas eu o amei, eu dei a ele tudo que restou de mim.

Nós estávamos casados quando eu terminei a faculdade. Foi um casamento simples, e toda vez que eu via os planejamentos, ou o bolo, ou as flores, eu pensava em Alice, e desejava mais que tudo que ela tivesse tido a chance de planejar tudo. Eu sei que ela amaria isso.

E então, eu descobri que estava grávida. Eu nunca pensei que fosse querer um bebê, Edward. Eu estava tão certa de que nunca iria querer filhos. Mas quando eu ouvi os batimentos cardíacos pela primeira vez na ultra, eu comecei a chorar. Era tão lindo. Jacob insistiu que a chamássemos de Marie, e eu dei o nome de Alice como nome do meio. Eu queria chamá-la de Marie Rosalie, mas não soava muito bem. Eu queria chamá-la assim porque toda vez que eu olhava para ela, eu lembrava de Rosalie, e como ela queria tanto um filho.

Eu estou feliz, Edward... mas incompleta. Até mesmo quando eu casei, eu desejava que fosse você parado a minha frente. Até mesmo quando eu dei a luz à Marie, eu desejava que fosse você me encorajando, chorando quando você segurasse sua filha pela primeira vez. E, até mesmo enquanto estou deitada aqui, respirando meus últimos suspiros, eu desejo que fosse você segurando minha mão.

Oh, Edward. Eu quero te ver de novo. Mais uma vez. Só uma. Por favor, Edward, por favor. Eu não posso morrer antes de te ver de novo. Eu não posso. Eu não irei. E vou agüentar pra sempre se for preciso. Mas eu tenho que ver seu rosto de novo. Só mais uma vez. Por favor.

Eu não estou pronta para morrer, Edward. Eu quero estar em seus braços. Eu quero que você me segure, que me diga que você mentiu pra mim naquele dia. Para me dizer que você ainda me ama.

Oh, Edward, Eu nunca poderia desistir de Jacob e Marie, mas se você voltasse por mim, eu não vejo como eu poderia ficar com eles. Eu te amo tanto. Mesmo hoje. Mesmo depois de tudo. Mesmo depois que você me deixou. Mesmo depois que você me quebrou. Eu te amo. Eu te amo. Eu te amo.

Eu te amarei para sempre.

Mas eu estou doente, Edward. Eu estou doente e não posso me segurar por muito tempo.

Mas não importa o que, não importa quando, eu preciso saber isso. Eu preciso que você veja essa carta. Eu preciso que você saiba...

... que eu ainda te amo. Eu nunca deixei de te amar. Mesmo quando eu amava outro, o amor que eu sentia por você era mais forte.

Edward ... Edward ... Edward ...

Eu te amo.

Para sempre sua,
Isabella Marie Black

Eu estava soluçando alto, soluços de perfurar o coração, quando eu terminei a carta que eu tinha nas mãos.

Ela me amava. Oh, Deus, ela me amava mesmo depois de tudo que eu fiz. Ela morreu me amando. Ela viveu me amando. Ela me amava. Eu a amava também eu não queria nada além de vê-la, de senti-la, de estar com ela, de segurá-la, de dizer que eu havia mentido. Contar que tudo que eu disse à ela naquele dia era mentira.

"E ainda te amo. Eu ainda te amo. Oh, Bella, eu te amo," Eu chorei, então virei a cabeça para os céus, desejando mais do que tudo que ela pudesse me ouvir.

Eu estava fazendo uma cena... mas eu não me importava. Eu estava no meio do parque, meus braços enlaçados ao redor do meu corpo, tentando desesperadamente me manter inteiro. Tentando em vão segurar a dor.

Mas quando suas palavras voltaram correndo de novo e de novo – já que eu não podia nunca, jamais esquecê-las – eu senti a barreira se quebrando, e a angústia, a agonia, o horror, a dor me atingiram, me cercando, me cobrindo, me enterrando.

Eu sabia que eu nunca poderia emergir.

Bella, Eu chorei em meus pensamentos. Bella, eu te amo. Bella. Bella. Bella.

"BELLA!" Eu gritei e minha voz era um pranto enquanto eu continuava a chorar por ela. "Bella! Bella! Bella!"

Mas eu sabia que ela nunca responderia. Eu sabia que ela nunca retornaria.

Ela se foi. Para sempre.

Eu não queria nada além de morrer naquele momento. Eu não queria anda além de simplesmente... deixar de existir. Porque eu sabia que não podia prosseguir sem ela.

Eu fiquei de pé vacilantemente, e ainda estava soluçando quando eu procurei. Eu tropecei e caí. Me levantei de novo. E continuei.

Eu procurei e procurei.

E então, encontrei.

Luz do Sol.

Eu tropecei para o quente raio de luz, deixando-o iluminar meu mundo sombrio, deixando-o pôr minhas imperfeições, minha dor, à mostra para todo o mundo ver. Eu sabia que eles viriam. Eles sempre vêm. Eles saberiam o que eu iria fazer, antes mesmo de eu fazê-lo, como eles de algum jeito sempre sabiam.

E eu sabia, enquanto eu deixava que a luz do Sol esquentasse minha eternamente fria pele, que estava quase acabando.

Última alteração por Agnes (12-06-2009 00:07:30)

Offline

 

#2 08-06-2009 22:46:55

Dandy L.
Ultrafã
De: Rio de Janeiro
Cadastrado: 26-02-2009
Posts: 1335

Re: A carta da mamãe

lINDO AMEI...


Leiam: A Poesia da Vida e Leiam: A Rosa Vermelha - A história de uma Assassina
Obrigado meu amigo por existir e me ajudar nos momentos mais dificies da minha vida... TE amo Daniel (L)

∂ลи∂∂ลяล ℓเรвэ†ђ

Offline

 

#3 08-06-2009 22:54:04

Laura Cullen s2
Masterfã
Cadastrado: 04-04-2009
Posts: 4308

Re: A carta da mamãe

q lindo
amei


She lives in a fairy tale. Somewhere too far for us to find. Forgotten the taste and smell. Of the world that he's left behind. With her feet on the ground. And her head in he clouds. Well go get your shovel. And we'll dig a deep hole. To bury the castle, bury the castle
           ѼLauraѼ

Offline

 

#4 09-06-2009 00:55:09

Vii Neas
Masterfã
De: Goiânia-GO
Cadastrado: 09-05-2009
Posts: 3389

Re: A carta da mamãe

Nossa.. eu to sem plavras.. é totalmente incrivel. Pode ate parecer piegas.. mas meus olhos encheram d'agua quando ele estava lendo a carta..   é como se fosse o final da historia se Edward aguentasse ficar longe da Bella..         Poxa.. eu to encabulada! Parabens! Sua historia é a mais linda q eu ja vi!


"O ser humano é contraditório. Um punhado de bem, um punhado de mal...
É só misturar com água."


         Vιι Bєllαяy

Offline

 

#5 09-06-2009 11:41:30

Naira Swan Cullen
Ultrafã
De: Copacabana -RJ
Cadastrado: 08-04-2009
Posts: 1130

Re: A carta da mamãe

Nossaa...
Perfeitaa^^


" Se tudo mais perecesse enquanto ele perdurasse, eu ainda continuaria a existir; e se tudo mais resistisse e ele fosse aniquilado o universo se tornaria muito mais estranho

   .            .Naira Malturi.            .

Offline

 

#6 09-06-2009 12:13:46

Valeskinha Lockheartv
Masterfã
Cadastrado: 18-12-2008
Posts: 3435

Re: A carta da mamãe

Vii_Cullen escreveu:

Nossa.. eu to sem plavras.. é totalmente incrível. Pode ate parecer piegas.. mas meus olhos encheram d'agua quando ele estava lendo a carta..   é como se fosse o final da historia se Edward aguentasse ficar longe da Bella..         Poxa.. eu to encabulada! Parabéns! Sua historia é a mais linda q eu ja vi!

[2]

Cara eu quase chorei!
Muito perfeita !


You got it you got it… Some kind of magic
                 Hypnotic….Hypnotic
            You're leaving me breathless

                                                            Vêeh~*Malturi

Offline

 

#7 09-06-2009 21:44:28

Laura Cullen s2
Masterfã
Cadastrado: 04-04-2009
Posts: 4308

Re: A carta da mamãe

Valeskinha Lockheartv escreveu:

Vii_Cullen escreveu:

Nossa.. eu to sem plavras.. é totalmente incrível. Pode ate parecer piegas.. mas meus olhos encheram d'agua quando ele estava lendo a carta..   é como se fosse o final da historia se Edward aguentasse ficar longe da Bella..         Poxa.. eu to encabulada! Parabéns! Sua historia é a mais linda q eu ja vi!

[2]

Cara eu quase chorei!
Muito perfeita !

[2]
eu chorei


She lives in a fairy tale. Somewhere too far for us to find. Forgotten the taste and smell. Of the world that he's left behind. With her feet on the ground. And her head in he clouds. Well go get your shovel. And we'll dig a deep hole. To bury the castle, bury the castle
           ѼLauraѼ

Offline

 

#8 09-06-2009 21:56:42

Bells M.
Megafã
De: Campo Grande - MS
Cadastrado: 28-12-2008
Posts: 740

Re: A carta da mamãe

Nossa... Perfeição =O

Amei, de vdd . *-*


Ass: Nanda Swan
Team Jacob na Veia

"Com medo de pensar e proibida de esquecer"

Offline

 

#9 10-06-2009 02:51:51

julyte
De: Ilhéus
Cadastrado: 19-01-2009
Posts: 110
Website

Re: A carta da mamãe

Lindo!!!e triste tbm...
aiiin, nem quero pensar Bella sem Edward... soa.. estranho
mas linda a sua fic
parabens!


and so the lion fell in love with the lamb
what a stupid lamb
what a sick masochist lion

SEJA ORIGINAL... NÃO COPIE FICS... CRIE, É MAIS LEGAL smile

Offline

 

#10 10-06-2009 04:19:02

Sebastiao Cullen
Megafã
Cadastrado: 15-01-2009
Posts: 917

Re: A carta da mamãe

Muito Bom!
Mas foi uma pena a Bella morrer com os caes!
Bom mas fazer o q?
Se eu fosse o Edward primeiro eu mataria o Jacob e a sua "cria"...
depois eu morreria!
kero mais!!!


SebastiãoMalturi

Offline

 

#11 10-06-2009 14:46:30

karlla cullen
De: brasil
Cadastrado: 13-04-2009
Posts: 168

Re: A carta da mamãe

lindãã amiga..
vo fla nda [/caleý


Fαмílια Poмραttuя .                   Tєαм αℓcє/E∂wαя∂ fσяєνєя  (:

Offline

 

#12 10-06-2009 16:30:45

Laura Cullen s2
Masterfã
Cadastrado: 04-04-2009
Posts: 4308

Re: A carta da mamãe

Sebastiao Cullen escreveu:

Se eu fosse o Edward primeiro eu mataria o Jacob e a sua "cria"...
depois eu morreria!

q dumal
a filha da Bella num tem culpa d nada


She lives in a fairy tale. Somewhere too far for us to find. Forgotten the taste and smell. Of the world that he's left behind. With her feet on the ground. And her head in he clouds. Well go get your shovel. And we'll dig a deep hole. To bury the castle, bury the castle
           ѼLauraѼ

Offline

 

#13 11-06-2009 00:08:26

Vii Neas
Masterfã
De: Goiânia-GO
Cadastrado: 09-05-2009
Posts: 3389

Re: A carta da mamãe

concordo.. matar o Jake e deixar a menina orfã?!
       Ele podia descobrir q o filho é dele.. *tipo novela mexicana* soaksoaksokaoskao'


"O ser humano é contraditório. Um punhado de bem, um punhado de mal...
É só misturar com água."


         Vιι Bєllαяy

Offline

 

#14 11-06-2009 00:11:19

Laura Cullen s2
Masterfã
Cadastrado: 04-04-2009
Posts: 4308

Re: A carta da mamãe

novela mexicana???
deixa a historia assim do jeito q ta, eh melhor


She lives in a fairy tale. Somewhere too far for us to find. Forgotten the taste and smell. Of the world that he's left behind. With her feet on the ground. And her head in he clouds. Well go get your shovel. And we'll dig a deep hole. To bury the castle, bury the castle
           ѼLauraѼ

Offline

 

#15 11-06-2009 00:14:03

Vii Neas
Masterfã
De: Goiânia-GO
Cadastrado: 09-05-2009
Posts: 3389

Re: A carta da mamãe

okoaksokaksoaksoako' zuando.. a historia ta perfeita.. q q tavam querendo assacinar o Jake.. ai eu dei um jeito da pobrezinha da Mari Alice Black nao fica orfã..

            Mas dexa assim..

Essa ficc nao tem continuaçao neh?!


"O ser humano é contraditório. Um punhado de bem, um punhado de mal...
É só misturar com água."


         Vιι Bєllαяy

Offline

 

#16 11-06-2009 01:46:26

Laura Cullen s2
Masterfã
Cadastrado: 04-04-2009
Posts: 4308

Re: A carta da mamãe

espero q sim


She lives in a fairy tale. Somewhere too far for us to find. Forgotten the taste and smell. Of the world that he's left behind. With her feet on the ground. And her head in he clouds. Well go get your shovel. And we'll dig a deep hole. To bury the castle, bury the castle
           ѼLauraѼ

Offline

 

#17 12-08-2009 00:35:48

Tααh Hαle
Ultrafã
De: Cidade do Rock *O*
Cadastrado: 12-06-2009
Posts: 1881
Website

Re: A carta da mamãe

chorei muito é lindo *chora* amei

Offline

 

#18 12-08-2009 17:15:07

luizatwilight
Cadastrado: 15-07-2009
Posts: 92

Re: A carta da mamãe

liiiiiiiiiindo :B


quanto mais se ama alguém, menos tudo faz sentido.
I need you ♥

Offline

 

#19 19-08-2009 22:23:15

Mari Amy Cullen
De: Hogwarts
Cadastrado: 24-05-2009
Posts: 140

Re: A carta da mamãe

Que fic emocionante! Comovente...
Estou chocada, coitado do Edward!
Adorei!


Mariana Bellary
Kellan, TE AMO! Rob, quer casar com a minha amiga Camila Cullen Pattison?

Offline

 

#20 21-08-2009 22:13:02

Caah'
Masterfã
Cadastrado: 17-05-2009
Posts: 4966

Re: A carta da mamãe

Oh DEUS  ..
choreii litros . .
muito lindo :'(


Are we human because we gaze at the stars, or do we gaze at them because we are human?

             Cαмilα Bєllαяy

Offline

 

#21 22-08-2009 00:44:27

C.E•
Ultrafã
De: Helvécia House - Red Lodge
Cadastrado: 11-07-2009
Posts: 1650
Website

Re: A carta da mamãe

lindo demais.To chorando ate agora


"Nos livros, os heróis podem cometer erros à vontade.Não importa o que façam, porque tudo acaba bem.Eles espancam os bandidos e endireitam as coisas e tudo acaba bonitinho. A vida real é horrível. É cruel. Não se importa com heróis e finais felizes e como as coisas devem ser. Na vida real,acontecem coisas más.As pessoas morrem. Lutas são perdidas. O mal sempre vence."

Offline

 

#22 22-09-2009 22:59:59

Alice Volturi
Masterfã
De: Hospício Pompattur *-*
Cadastrado: 10-04-2009
Posts: 8114
Website

Re: A carta da mamãe

lindoooooooooooooo


~ Lily Pompattur Ackles Somerhalder

Life Is Love | Only Girl (In The World) | Orkut | Tumblr | Twitter | Fiks de Forks

Offline

 

#23 02-10-2009 19:06:35

Marie Pompattur
Masterfã
De: Coventry's Gardem
Cadastrado: 30-09-2009
Posts: 3878

Re: A carta da mamãe

To chorando aki sem pararrrrr
mtoooo lindooo
coitado do meu teclado....dei banho neleeeee
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
^^
fic maravilhosaaaaa
\o/\o/\o/
bjos


4everⓣⓔⓐⓜ ©ⓗⓐⓡⓛⓘⓔ ⓑⓔⓦⓛⓔⓨ♥ ♥ⓜⓨ ⓓⓔⓜⓔⓣⓡⓘ
Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ ~ Mαяιє Poмραttuя ~ Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ
POMPATTUR 4EVER ♥

Offline

 

#24 03-10-2009 03:48:08

Letí ☆
Masterfã
De: Fell's Church - Virgínia
Cadastrado: 31-05-2009
Posts: 2793

Re: A carta da mamãe

To chorando aqui!
está mais do que P-E-R-F-E-I-T-O,
não tenho palavras para descrever!
bjus


Letí Bellary
''As vidas de todo mundo que você conhece,e qual a pior coisa que você leva de cada coração que você parte (que você quebra)?''

Offline

 

#25 26-10-2009 21:29:38

RafaSwanCullen
Masterfã
De: Brazil
Cadastrado: 16-05-2009
Posts: 4190

Re: A carta da mamãe

Liindo!

*.*


Rαfα   Ѽ.Ѽ.Ѽ
O Diário de Kristen...[Uma Comédia Romântica] Atualizada em 04/12, CAPÍTULO XIX, na pág 32
Cap 4 de Coisas Que Eu Odeio em Você: Confusões do Coração. No 1º POST da Página 5 ATUALIZADA EM 10/12

Offline

 

Rodapé do fórum

Powered by PunBB
© Copyright 2002–2005 Rickard Andersson