Listas

Cinco coisas que toda mulher deve saber

5 / Maio / 2017

Nós convocamos livreiras para compartilharem suas impressões sobre Somos guerreiras, relato inspirador de Glennon Doyle Melton que reflete os desafios das mulheres do mundo todo em aceitar seus corpos, repensar seus relacionamentos, a maternidade e a busca por autoconhecimento.
 

1 – Você não precisa ser perfeita para ser feliz

Vivemos em uma sociedade em que os padrões de aceitação estão cada vez mais rígidos e impostos, e o Somos guerreiras aparece como aquele bote salva-vidas que diz “Ei, você não precisa ser perfeita para ser feliz e isso é bom, acredite”.

A história pode ser dela, mas as experiências, as dores e a autodescoberta acabam sendo de todas. A Glennon sou eu, que já sofri bullying, é aquela vizinha com problemas no casamento, é a amiga com problemas com o corpo, é a colega de trabalho que caiu de paraquedas na maternidade… Existe uma Glennon por todos os lados, em cada uma de nós.

Amanda Villanova (Saraiva Rio Sul)

 

2 – Você não precisa ter passado por uma situação para entender

A cada frase consegui imaginar alguém conhecido passando por determinada situação, e isso doeu. Doeu, pois sei que é real, doeu, pois me lembrei de todas as vezes que engoli palavras para agradar a alguém.

Ninguém deve dizer como devo rir, sentar ou me comportar, e a Glennon me mostrou que essa coragem de dizer basta quando tudo começa a me sufocar é o que me mantém de pé, me faz ainda ser minha.

Nara Peres (Nobel West Shopping)

 

3 – Você não precisa seguir um padrão para ser “aceita”

O que é padrão? Quem inventou isso? Por que tenho que segui-lo para ser aceita? Aceita por quem?

A questão de todo o desabafo é relatar o quanto estamos contaminados por uma sociedade ilusória onde ser magro resume tudo o que você é. Você poder ser um ph.D., mas se você estiver acima do peso ninguém te leva a sério (lembrando que isso serve para tudo que foge do “padrão”). Você pode ser uma pessoa incrivelmente cruel e desumana, porém, se estiver no “padrão”, ok, relevem, está tudo bem… Sério, é ridículo…

Somos todas guerreiras porque travamos uma luta contra nós mesmas e o mundo todos os dias e no final de cada dia sobrevivemos!

Isis Silva  (Nobel Top Shopping)

 

4 – Todas as mulheres são guerreiras. Admire e respeite suas lutas

Somos guerreiras é um livro que toca e emociona, pois aborda assuntos que toda mulher vivencia ou já vivenciou alguma vez na vida. É impossível ler e não sentir empatia pela autora, seguida de muita admiração pela sua força. É aquele livro que, mesmo depois de tê-lo finalizado, não desgruda de você.

Isabella (Saraiva Rio Sul)

 

5 – Seja SEMPRE você mesma

Somos guerreiras é um livro de superação de vida, de autoconhecimento, de descobertas. A Glennon é uma mulher que lutou por sua família e por ela mesma. E ela descobriu que a beleza exterior não é o que mais importa na vida da mulher. E de nada adianta ser o que os outros querem que você seja, se você não é feliz assim, porque é preciso que você se ame primeiro e que seja feliz consigo mesma.

Virgínia Farias (Saraiva Rio Sul)

 

Já leu Somos guerreiras? Mande nos comentários seu depoimento.

Tags , , , .

Leia mais Listas

Como não abrir mão de ser você mesma

Como não abrir mão de ser você mesma

6 verdades que aprendemos com A culpa é das estrelas

6 verdades que aprendemos com A culpa é das estrelas

Playlist cósmica de Vejo você no espaço

Playlist cósmica de Vejo você no espaço

12 filmes inspirados em livros que estão disponíveis na Netflix

12 filmes inspirados em livros que estão disponíveis na Netflix

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *