Listas

Cinco livros para seguir em frente

4 / fevereiro / 2016

Foto_lista

Todo mundo já sofreu por amor algum dia. Chorar, ouvir músicas tristes, pedir conselhos aos amigos e ter vontade de ligar para o ex são coisas que fazem parte da rotina de quem acabou de terminar um relacionamento. Para ajudar nesse momento tão delicado, listamos alguns livros que mostram que é possível desapegar, viver novas histórias e até mesmo amar de novo.

giphy

Para aqueles que precisam desapegar do passado e esquecer…

Não se apega, não, de Isabela Freitas — Tudo começa com um ponto final: a decisão de terminar o namoro de dois anos com Gustavo, o namorado dos sonhos de toda garota. As amigas acharam que Isabela tinha enlouquecido, porque eles formavam um casal perfeito! Mas por trás das aparências existia uma menina infeliz, disposta a assumir as consequências pela decisão de ficar sozinha. Atrapalhada do jeito que é, Isabela precisa primeiro lidar com o assédio de um primo gostosão, com as tentações da balada e, principalmente, entender que o príncipe encantado é artigo em falta no mercado.

giphy (3)

Para os que precisam superar o luto…

Depois de você, de Jojo Moyes — Na continuação de Como eu era antes de você, Lou está morando em Londres e trabalha como garçonete em um pub no aeroporto. Certo dia, após beber muito, ela cai do terraço. O acidente a obriga a voltar para a casa de sua família, mas também a permite conhecer Sam Fielding, um paramédico cujo trabalho é lidar com a vida e a morte, a única pessoa que parece capaz de compreendê-la.

Ao se recuperar, Lou sabe que precisa dar uma guinada na própria história e acaba entrando para um grupo de terapia de luto. Os membros compartilham sabedoria, risadas, frustrações e biscoitos horrorosos, além de a incentivarem a investir em Sam. Tudo parece começar a se encaixar, quando alguém do passado de Will surge e atrapalha os planos de Lou, levando-a a um futuro totalmente diferente.

giphy (1)

Para os que sofrem com encontros furadas…

Não sou uma dessas, de Lena Dunham — A criadora, produtora e protagonista da série Girls, exibida pela HBO, abre o jogo e fala sobre as suas escolhas, seus ex-namorados, sobre sexo e a luta para conseguir ser respeitada na carreira. Lena revira o seu passado e faz um balanço sobre relacionamentos e experiências. De maneira bem-humorada, conta como os seus encontros fracassados e ex-namorados babacas a ajudaram a se tornar uma mulher mais forte aos vinte e poucos anos.

Para os que estão cansados de sonhar e quebrar a cara…

Não se iluda, não, de Isabela Freitas — A segunda obra da autora não só dá sequência às histórias de Não se apega, não, como também traz 20 regras para as pessoas que não querem mais se iludir.

zoeycrying

 

Para os que estão vivendo o fim de um relacionamento longo…

Nós, de David Nicholls — Douglas é um bioquímico de 54 anos, casado com Connie e pai de Albie, um jovem que acabou de entrar para a faculdade. Certa noite, ele é acordado pela esposa, que decide pedir o divórcio. Porém, eles estão prestes a embarcar em uma viagem em família pela Europa. Com a mesma sensibilidade que construiu o best-seller Um dia, David Nicholls faz uma irresistível reflexão sobre o que acontece no fim de um relacionamento.

Leia mais Listas

As lições de Não se apega, não e Não se iluda, não

As lições de Não se apega, não e Não se iluda, não

Você é #JojoLover?

Você é #JojoLover?

7 vezes em que F*deu geral nos deu um choque de realidade

7 vezes em que F*deu geral nos deu um choque de realidade

Cinco casos reais com crianças assustadoras

Cinco casos reais com crianças assustadoras

Comentários

3 Respostas para “Cinco livros para seguir em frente

  1. A dinâmica de superar um relacionamento que findou é tão complexa e estranha… Não existe fórmula mágica, mas com certeza ter leituras de incentivo como essas nos ajudam a tentar seguir, um passo de cada vez. Adoro listas assim <3
    Bjo, bjo

  2. Apesar de não adequar se ao meu caso PIDE ver que é possível seguir em frente e tudo com o tempo vai se ordenando que volta ao normal e amamos novamente o o importante é não relacionar o seu novo relacionamento com os passados pois isso pode prender a um passado que dificilmente poderá desligar se dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *