Notícias

A continuação de Como eu era antes de você

15 / dezembro / 2015

DepoisDeVoce_300dpi

Jojo Moyes deixou milhares de leitores com o coração apertado com Como eu era antes de você. Para contar o que aconteceu com Lou, personagem que não teve final feliz no romance, a autora resolveu escrever Depois de você, a aguardada sequência que chega às livrarias em 15 de fevereiro.

“Desde o dia em que Como eu era antes de você foi publicado as pessoas me mandam e-mails e mensagens nas redes sociais para falar sobre os personagens, especialmente sobre Lou, me perguntando o que ela fez após o fim da história. Essas questões e o trabalho no roteiro do filme fizeram com que ela nunca saísse da minha cabeça como outros personagens saem, e me vi fazendo a mesma pergunta: o que ela teria feito em seguida? Louisa passou por algo grandioso, e deixei o final em aberto. Um dia acordei com uma ideia e então soube que tinha que escrever a continuação”, explica Jojo em entrevista concedida ao blog.

No livro, Lou ainda não superou a perda de Will. Morando em um flat em Londres, ela trabalha como garçonete em um pub no aeroporto. Certo dia, após beber muito, Lou cai do terraço. O terrível acidente a obriga a voltar para a casa de sua família, mas também a permite conhecer Sam Fielding, um paramédico cujo trabalho é lidar com a vida e a morte, a única pessoa que parece capaz de compreendê-la.

Ao se recuperar, Lou sabe que precisa dar uma guinada na própria história e acaba entrando para um grupo de terapia de luto. Os membros compartilham sabedoria, risadas, frustrações e biscoitos horrorosos, além de a incentivarem a investir em Sam. Tudo parece começar a se encaixar, quando alguém do passado de Will surge e atrapalha os planos de Lou, levando-a a um futuro totalmente diferente.

link-externo Leia um trecho de Como eu era antes de você
 Bastidores das filmagens de Como eu era antes de você

Comentários

107 Respostas para “A continuação de Como eu era antes de você

  1. Li o livro e me apaixonei perdidamente pela história. Chorei horrores e acho que ainda deva estar com o rosto todo inchado do pranto. Foi um final surpreendente, embora gostaria muito que ele ( will ) desistisse de querer tirar sua vida. vou ler o outro livro e espero que seja tão cativante quante o primeiro.

  2. Pessimo Filme e Livro, a vida pertence a Deus!!! Ninguem tem direito de tirar de ninguem nem sua propria vida!!!
    Jesus vive cura e salva! Existe esperança! Imagina quem passa por esta mesma situacao!?!? Que apoio este filme livro traz??
    Pior final da historia do cinema!!! Inicio e meio sao atraentes mas oooo finallll Pessimo terrivel…
    Pra Deus nao ha nada impossivel

  3. Vejo alguns comentários e até entendo algumas pessoas não terem gostado do fim. Mais eu amei tanto a historia, que passei a entender esse final. Will gostou muito dela tbm. Mais como ele mesmo dizia no filme ele tinha vontade de tocar nela de ficar com ela, e a situação dele o impedia. Decisões como a de Will existe. E não é difícil procurar entender o que leva uma pessoa a tomar essa decisão. Viver dependendo dos cuidados dos outros é muito difícil, ele era uma pessoa muito ativa. Acho que no filme ficou claro que pra ele tbm não foi fácil, mais pra ele foi necessário. Eu gostei muito acho que JOJO foi além do que estávamos acostumados. Só finais felizes e perfeitos. Eu não vejo a hora do próximo filme

  4. Eu simplesmente, quase não terminei de ler o livro com medo da decisão de Will Traynor chorando a cada página que lia imaginando as palavras de Louisa para convence-lo a não deixa lá. Me envolvir tanto com o livro que em três dias li completo e a história de Lou e Will não saia da minha cabeça. E ficava refletindo porque Will não tomou outra decisão era para ser uma linda história de superação, mas de qualquer maneira foi ,foi a superação de Will ao encontrar a felicidade no final de seus planos que já estava programados. A gente pensa que a história é de Will antes de conhecer Lou, mas não. Como eu era antes de você, relata a história de Lou também uma menina de bem com a vida mais sem ambições para o futuro é amor lindo que foi fluindo durante seis meses fez ela se uma pessoa melhor é fez Will tornar os seus piores dias de dor em algo que lhe trouxe um pouco de alegria.
    Eu simplesmente amei o livro,JoJo Moyes está de parabéns por escrever uma história onde o amor era quase improvável de nascer. Uma linda e comovente história de amor.. Já quero ler a continuação mesmo sentindo saudades do incrível e mau humorado Will Traynor…

  5. queria saber se essa historia foi baseada em historia real, e se vai ter a continuaçâo do filme.

  6. O livro me emocionou muito. Terminei de ler e fui ver o filme porque ainda estava dominada pela sensação. Me peguei pensando que era um fim muito triste, mas que eu também faria como Will. Eu sei que tirar a própria vida é algo terrível, mas não poder realmente fazer o que se quer ,tira um pouco da dignidade. É algo que só vivendo para saber o que faríamos .

  7. Seria comigo se nao fosse triste,agora deram pra fazer finais desse tipo. Essa história com um fim sem nexo. A questão é pela bíblia essa pessoa tá condenada a não ir pro céu,pq só Deus da a vida tira ela de volta. Assim prova que ele era uma pessoa fraca de espírito, e sem fé. O dia dele ia chegar,assim como pra todos nós. Não gostei do fim. Poderia ser outro. Se comparar com a culpa é das estrelas. Digo de antemão que não chegou nem perto. N

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *