Notícias

O Comando Sul precisa de Controle

23 / julho / 2015

sdoau27argb5ounyuwrg

John Rodriguez não sabe se realmente queria estar ali. Depois de um histórico de missões problemáticas para a Central, o funcionário também conhecido como Controle recebeu uma tarefa que pode ser sua chance de redenção na organização: assumir o posto de diretor do Comando Sul, agência do governo que há décadas tenta desvendar os segredos e mistérios da anomalia conhecida como Área X. Entre arquivos sem fim, um quadro de funcionários incapazes e as polêmicas decisões da ex-diretora, que culminaram em seu desaparecimento, Controle tenta reestruturar uma organização que parece perdida no tempo, sem saber que os perigos da Área X podem estar mais perto do que ele imagina.

O ambiente de trabalho em que Rodriguez se vê preso é repleto de situações incomuns: uma assistente que tenta a todo custo impedir o bom funcionamento da agência; funcionários com comportamentos bizarros; Capa_Autoridade_211x319registros oficiais escritos em listas de compras; portas que dão em lugar nenhum; interrogatórios que subvertem a lógica de quem está sendo interrogado; tecnologias de décadas passadas e diversos outros obstáculos parecem empilhados diante do objetivo de Controle.

Na continuação de Aniquilação, Jeff VanderMeer muda completamente o foco da narrativa. Se antes vivíamos a experiência desumanizadora da décima segunda expedição pelos relatos da bióloga, o segundo livro, Autoridade, passa a acompanhar a rotina da organização que tenta encontrar respostas para o estranho fenômeno biológico. Mesmo tendo como cenário a sede burocrática do Comando Sul, o livro mantém o ritmo de paranoia e terror latente da obra anterior.

link-externoLeia um trecho de Aniquilação

O primeiro título da série, Aniquilação, venceu a da edição de 2014 do Nebula, que premia os melhores livros de ficção científica e fantasia publicados nos Estados Unidos. Além disso, teve os direitos comprados de adaptação cinematográfica comprados pela Paramount Pictures e será dirigido por Alex Garland, de Ex-Machina, com Natalie Portman cotada para estrelar os filmes.

O segundo capítulo da trilogia Comando Sul é fascinante e repleto de questionamentos: qual é o papel do farol da Área X? Quais são suas reais fronteiras? Por que o Comando Sul continua a enviar pessoas para lá? Quem são as pessoas que retornaram da décima segunda expedição? E, principalmente, até onde se deve ir em busca de respostas?

link-externoLeia também: Curiosidades sobre estação onze ou “porque sobreviver não é suficiente”

link-externoLeia também: Keep ya weird (ou a arte de fazer livros incríveis)

Tags , , , , .

Leia mais Notícias

Intrínseca apoia o projeto Ninho de Livro

Intrínseca apoia o projeto Ninho de Livro

O futuro do Brasil por Míriam Leitão

O futuro do Brasil por Míriam Leitão

A Forma da água, de Guillermo del Toro, lidera as indicações ao Globo de Ouro

A Forma da água, de Guillermo del Toro, lidera as indicações ao Globo de Ouro

Veja fotos de Objetos cortantes, série com Amy Adams inspirada em livro de Gillian Flynn

Veja fotos de Objetos cortantes, série com Amy Adams inspirada em livro de Gillian Flynn

Comentários

5 Respostas para “O Comando Sul precisa de Controle

  1. Oi, Janine! Será publicado em agosto. 😉

  2. E o terceiro volume… previsão de lançamento/publicação?

  3. Oi, Raphael! Tudo certo? Vamos lançar em março! 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *