Notícias

Grandes pausas do rock’n’roll, por Jennifer Egan

26 / junho / 2012

Com uma narrativa singular, A visita cruel do tempo é composta por 13 pequenas histórias interligadas pelas memórias de um grupo de personagens em épocas e cenários distintos. Mas as experimentações de Jennifer Egan, que lhe renderam o Pulitzer de Ficção de 2011 entre outros prêmios literários, vão além da polifonia de vozes e de perspectivas. Suas histórias são narradas em primeira, terceira e até na segunda pessoa e incluem o inusitado fragmento destacado abaixo: uma história inteira em formato de uma apresentação de PowerPoint.

O diário de slides é de Alison Blake, filha de Sasha, a ex-assistente do executivo da indústria fonográfica Bennie Salazar. Ao dissecar a relação da garota de 12 anos com a mãe — que transita entre a lista de suas manias mais chatas à admiração da pessoa que ela já foi, a verdadeira Sasha que Alison gostaria de conhecer —, Jennifer Egan também explora possíveis impactos da tecnologia na linguagem em um futuro não muito distante. Além das observações sobre o comportamento e a relação com os pais, o diário de Alison se atem à curiosa obsessão de seu irmão, Lincoln, pelas pausas nas músicas de rock.

Tags , , .

Leia mais Notícias

Assista ao teaser do trailer de "Amanhecer- Parte 2"

Assista ao teaser do trailer de "Amanhecer- Parte 2"

Divulgadas novas imagens de "Amanhecer – Parte 2"

Divulgadas novas imagens de "Amanhecer – Parte 2"

Encontro de fãs da Becky Albertalli pelo Brasil

Encontro de fãs da Becky Albertalli pelo Brasil

A violência encontra a poesia no novo livro de Jason Reynolds

A violência encontra a poesia no novo livro de Jason Reynolds

Comentários

8 Respostas para “Grandes pausas do rock’n’roll, por Jennifer Egan

  1. Já estou com o meu exemplar em mãos! O livro é lindão, vou começar a ler logo logo! OBRIGADO, Intrínseca!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *