Procurado pelo FBI

Aliança do crime

Dick Lehr e Gerard O’Neill

James “Whitey” Bulger

Um dos criminosos mais cruéis e notórios da história dos Estados Unidos.

Descrição

ALIANÇA DO CRIME - Dick Lehr e Gerard O’Neill

Inspiração para o filme homônimo estrelado por Johnny Depp, Aliança do crime narra a vida do lendário gângster James “Whitey” Bulger, um dos criminosos mais cruéis e notórios da história dos Estados Unidos.

Considerado em certa época o segundo nome na lista de mais procurados do FBI, atrás apenas de Osama bin Laden, James “Whitey” Bulger construiu um impressionante império do crime. Na década de 1980 ele aterrorizou a cidade de Boston praticamente sem ser importunado pela lei. Houve quem atribuísse isso a suas conexões políticas, pois James era irmão do influente William Bulger, presidente do Senado Estadual de Massachusetts. Os dois tinham reputação de astutos e inescrupulosos, mas, provou-se mais tarde, o anjo de James tinha outro sobrenome: Connolly.

Agente em franca ascensão na divisão de Boston do FBI, John Connolly foi criado em South Boston, mesma vizinhança de Whitey, um gângster até então pouco influente. Era a época da caça à Cosa Nostra, e, após muitas tentativas de agentes do bureau, Connolly conseguiu o que poucos acreditavam ser possível: transformou Bulger em informante. O gângster, porém, fez muito mais do que seu dever de casa – além de colaborar para o desmantelamento da Máfia italiana, manobrou uma série de assassinatos e passou a comandar o tráfico de drogas na cidade. O acordo entre Bulger e Connolly saiu completamente do controle e, anos mais tarde, veio a se tornar o maior escândalo da história do FBI envolvendo informantes.

Escrito por dois ex-repórteres que cobriram o caso, o livro é uma narrativa épica de pura violência, trapaça e corrupção, cujo ponto central é a amizade entre dois garotos que seguiram caminhos opostos, porém igualmente nebulosos.

Cuidado

Leia um trecho » Aliança do crime

O livro que deu origem ao filme

Assista ao trailer